Opinião

Quem passa por Alcobaça?

19 jan 2020 16:25

Muito próximo de onde me casei, abriu um workspace/café chamado Ossos do Ofício e um “ginásio” personalizado chamado New Ground Fitness.

Estive dois meses fora e vi muitas luzes de Natal.

Quando cheguei a Alcobaça, onde moro há quase quatro anos, a discussão era sobre a falta delas.

Alcobaça é sede de concelho e pode até não se medir em luzes ou cornucópias, mas é importante reflectir sobre a sua dinâmic a actual.

São bem conhecidos os seus festivais de música (Cistermúsica, erudito e clássico), Books and Movies (livros) e Doçaria Conventual.

Existe depois um sem-número de actividades e sítios entregues a “privados” dos quais gostaria de destacar dois pela sua localização e pela tentativa em estabelecer mais que um negócio, um conceito: #downtownalcobaca.

Muito próximo de onde me casei, abriu um workspace/café chamado Ossos do Ofício e um “ginásio” personalizado chamado New Ground Fitness.

Apesar da diferença óbvia, é muito “mais aquilo que os une do que aquilo que os separa.”

Ambos os locais são de investimento e conceptualização privada. Vieram recuperar uma zona quase esquecida da cidade, apesar da sua proximidade com o Mosteiro: a área da Fonte Nova.

Reza a lenda que quem beber água dessa fonte, nunca mais “sairá de Alcobaça”, uma espécie de versão líquida do lema desta bonita terra.

Vieram também reabilitar armazéns degradados e esquecidos que se enfileiram pela rua fora e cujo aspecto não contribuía, em nada, para a saúde visual da cidade.

Frequentando ambos, fica-se com aquela sensação de que, não saindo de Alcobaça, estamos numa cidade mais à frente, coisa que acontece infelizmente pouco por aqui desde os fervilhantes anos 90.

Curioso que para aceder a estes locais vizinhos se tenha de passar uma pequena ponte que simboliza a vontade destes espaços de autor: criar pontos de passagem para que Alcobaça não se torne na ilha subúrbio do Mosteiro.

Porque para cá ficar, primeiro tem de se por cá passar.

EVENTOS
#SEMFOMENAREGIÃO

Junte-se a uma grande causa

Ao assinar o Jornal de Leiria durante o mês de Maio, está a contribuir com 10€ para o combate à fome na nossa região.

Uma iniciativa com o apoio Makro

Saiba mais aqui.