Opinião

Transportes e desenvolvimento

8 mar 2018 00:00
manuel-gomes-economista
Manuel Gomes, economista

Sem uma boa rede de transportes não existe distribuição eficiente dos bens e circulação activa das populações, garantindo as acessibilidades aos locais desejados, unindo as pessoas e melhorando a sua qualidade de vida.

Os transportes são uma condição necessária para promover o desenvolvimento de qualquer país, região ou continente, impulsionando o comércio e o crescimento económico, o emprego e a prosperidade, constituindo a base da economia de qualquer país.

Sem uma boa rede de transportes não existe distribuição eficiente dos bens e circulação activa das populações, garantindo as acessibilidades aos locais desejados, unindo as pessoas e melhorando a sua qualidade de vida.

No caso da União Europeia, os transportes constituíram umas das primeiras políticas comuns da então Comunidade Económica Europeia e a sua origem remonta ao Tratado de Roma. Depois de avanços na política comum de transportes da União, mas com progressos muito lentos até aos anos oitenta, frustrado após 25 anos de legislação desarmonizada, o Parlamento Europeu tomou uma medida incomum e intentou um recurso contra o Conselho da União Europeia junto do Tribunal de Justiça da União Europeia, pela sua incapacidade de conceber uma política comum de transportes.

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?

Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.

Já é assinante? Inicie aqui
SAIBA COMO