Sociedade

Sem-abrigo ganham unidade de acolhimento temporário

6 mar 2020 15:00

Chama-se Porta 22 e vai nascer na Marinha Grande

sem-abrigo-ganham-unidade-de-acolhimento-temporario
Marinha Grande tem cerca de 40 pessoas em situação de sem-abrigo
Ricardo Graça
Daniela Franco Sousa

A Associação Novo Olhar II e a Câmara Municipal da Marinha Grande firmaram um protocolo, à luz do qual será criada a primeira Unidade de Acolhimento Temporário para pessoas sem-abrigo naquele concelho.

Ao JORNAL DE LEIRIA, Carlo Melo, presidente da Associação Novo Olhar II, adiantou que a Câmara irá ceder uma habitação social situada no Bairro do Camarnal, que será preparada para acolher, para já, quatro pessoas, podendo posteriormente receber até seis moradores. Esta habitação vai chamarse Porta 22, acrescenta Carlo Melo.

O presidente ainda não tem ideia de quando estará este espaço disponível, uma vez que este era um dos imóveis da Autarquia que se encontrava encerrado e que carecia de obras. Certo é já o regulamento interno de utilização do espaço, bem como o tipo de apoio que os colaboradores da Associação Novo Olhar II pretendem oferecer aos inquilinos da Porta 22.

O objectivo, revela o presidente, é que, durante os meses em que residem nesta Unidade, estas pessoas possam receb

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?

Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.

Já é assinante? Inicie aqui
SAIBA COMO