Desporto

Lágrimas de alegria pelo regresso do Náutico à alta-roda da natação

19 dez 2019 10:00

Distrito de Leiria poderá ter duas equipas femininas no escalão principal em 2020 se o Bairro dos Anjos assegurar a manutenção na 1.ª Divisão

Meninas festejaram subida de divisão com o treinador Pedro Lopes
Meninas festejaram subida de divisão com o treinador Pedro Lopes
DR
Capitã Giovanna Vargas emocionada com o feito da equipa
Capitã Giovanna Vargas emocionada com o feito da equipa
LFNunes

Giovanna Vargas estava feliz e bastante emocionada. Aos 19 anos já capitaneia a equipa feminina de natação do Desportivo Náutico da Marinha Grande que, no passado fim-de-semana, em Leiria, alcançou o segundo lugar na 2.ª Divisão por equipas e, mais importante, garantiu o regresso ao escalão principal, de onde tinha caído na temporada passada.

Também estava orgulhosa com a “prestação de alto nível” das suas meninas, todas elas dos 13 aos 18 anos. A Bruna Simões, a Maria Amado, a Bruna Moiteiro, a Ariana Carapinha e a Margarida Madeira, “deram tudo aquilo que tinham, lutaram com garra e sem medo”.

Rapazes do BA e do Náutico continuam na 2.ª Divisão

O Náutico da Marinha Grande foi o único clube do distrito que esteve presente nas piscinas de Leiria para a 2.ª Divisão de clubes, garantindo a medalha de prata, apenas atrás do Sporting de Braga. Já entre os rapazes, o melhor foi o Bairro dos Anjos que, a jogar em casa, foi 11.º classificado. O Náutico foi 18.º e também garantiu a manutenção, ao passo que o Clube de Natação de Alcobaça foi 24.º – e último – sendo despromovido à 3.ª Divisão.

 

No total, foram batidos 21 recordes pessoais e alcançados sete novos máximos do clube. E por isso, a subida, apesar de bastante festejada, acabou por ser o corolário de uma equipa “equilibrada” e de uma época de trabalho, com “esforço e dedicação”.

“Sabíamos que existia uma grande probabilidade de subida se a equipa estivesse dentro das suas melhores marcas. As performances acabaram por ser para lá do esperado”, explica a nadadora, a quem as provas correram “muito bem”, com recorde pessoal aos 200 metros mariposa e o segundo melhor tempo aos 200 metros livres e 4

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?

Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.

Se efectivar a sua assinatura durante o mês de Maio, 10€ reverterão para o combate à fome na nossa região.

#SEMFOMENAREGIÃO

Junte-se a uma grande causa

Ao assinar o Jornal de Leiria durante o mês de Maio, está a contribuir com 10€ para o combate à fome na nossa região.

Uma iniciativa com o apoio Makro

Saiba mais aqui.