Paulo Kellerman, escritor

Paulo Kellerman, escritor

Aviões de papel

Raramente reparam no avião branco caído no passeio.

10 jul 2020

Paulo Kellerman, escritor

Paulo Kellerman, escritor

Pois sou

Os defensores da teoria do artista-parasita compreenderem que o trabalho artístico é isso mesmo, trabalho; ou seja, merecedor de respeito e remuneração justa.

4 jun 2020

Paulo Kellerman, escritor

Paulo Kellerman, escritor

#vaificartudobem?

Certamente que o nosso optimismo é bem-intencionado e generoso. Mas será consequente? Será realista?

30 abr 2020

Paulo Kellerman, escritor

Paulo Kellerman, escritor

O bem dos outros

Ficou a pensar no que seria o bem dos outros. Apeteceu-lhe desenhar e foi o que fez.

26 mar 2020

Paulo Kellerman, escritor

Paulo Kellerman, escritor

Amira

E acordei subitamente, esmagada por esta ideia: eu também posso ser uma Amira.

20 fev 2020

Paulo Kellerman, escritor

Paulo Kellerman, escritor

Envelhecer

Sonhava com menos intensidade. Sonhava mais pequenino. E sentia-se incapaz de contrariar esse facto. Como nascem os sonhos?

16 jan 2020

Paulo Kellerman, escritor

Paulo Kellerman, escritor

Greta, apresento-te o Ricardo

Poderia escrever sobre a Greta. Mas seria como falar do tempo: constatar o óbvio (olha, e tá a chover outra vez) e depois dar opiniões sobre o óbvio (é uma chatice que chova; mas faz falta).

12 dez 2019

Paulo Kellerman, escritor

Paulo Kellerman, escritor

Se aparece no jornal…

«Isso é normal, os escritores estão sempre com dúvidas; o teu papel como amigo é incentivar.» «E eu incentivo. Mas já andas nisto há quanto tempo? Quatro anos ou assim?» «Quase oito», respondo eu. «Então, começa a reciclar as antigas.»

7 nov 2019

Paulo Kellerman, escritor

Paulo Kellerman, escritor

Falta aqui qualquer coisa

Depois surge uma sequestradora. Transforma todos os presentes em reféns e exige falar com deus. É-lhe explicado que se quer falar com deus, basta rezar.

3 out 2019

Paulo Kellerman, escritor

Paulo Kellerman, escritor

O mito da criação

E assim fez: imaginou umas criaturas simples mas belas que se ergueriam do solo em direcção às nuvens e se agitariam suavemente ao ritmo do vento.

29 ago 2019

Paulo Kellerman, escritor

Paulo Kellerman, escritor

Espairecer

Após um silêncio, acrescenta: «Também tenho saudades de ver o mar. Há mais de vinte anos que não o vejo. Mas não posso ir de bicicleta.» E ri.

25 jul 2019

Paulo Kellerman, escritor

Paulo Kellerman, escritor

Homem Invisível

Ergue-se com esforço, regressa ao passeio; atravessa a ponte e faz o mesmo percurso de antes mas pela margem oposta.

21 jun 2019

Paulo Kellerman, escritor

Paulo Kellerman, escritor

A casa

E era como se o livro se apoderasse dela, controlando-a.

16 mai 2019

Paulo Kellerman, escritor

Paulo Kellerman, escritor

Splash

Houve um dia em que lhe falaram da piscina oceânica. E o seu ondear agitou-se.

11 abr 2019

Paulo Kellerman, escritor

Paulo Kellerman, escritor

Contágio

Comove-me sempre a generosidade de quem se desvia do seu caminho habitual, de quem integra os outros no seu percurso, de quem aceita cumplicidades e partilhas.

7 mar 2019