Opinião

Idiotoceno

29 mai 2020 18:58

Alguém me diz de onde saem estas ostras de pessoas, e como podemos fazê-los parar de cuspir as suas pérolas de estupidez?

Tenho de confessar: a vida não me preparou para ser da geração que ia ter idiotas no comando.

Tudo indicava que as coisas só tinham como melhorar, e que de tanto conhecimento, técnica e tecnologia, só podiam emergir coisas boas.

Mas a memória não abençoa todos da mesma maneira (até porque as aulas de história são uma seca, não é?), e parece que é mesmo verdade que estamos condenados a cometer constantemente os erros do passado.

Sísifo ao menos carrega a pedra como castigo eterno, e não por pura estupidez… Mas assim é.

Vivemos na era dos idiotas.

Há os de sempre, que continuam o que nunca deixou de existir, mandando tiradas homofóbicas, desrespeitando alarvemente as mulheres, praticando a xenofobia e o racismo como mantra, “achando” que o conhecimento científico é uma opinião... são preocupantes porque começam a sentir-se confortáveis no espaço público, minam redes sociais, tornam qualquer reunião familiar insuportável e, acima de tudo, porque muitas pessoas deixaram outra vez de estar seguras enquanto este lixo de gente ganha espaço.

E depois há os idiotas encartados, que acham que podem cometer ilegalidades como se fossem decisões marinadas em livre pensamento e liberdade de expressão, vestem uma capa de “anti-sistema” e “anti-corrupção” e... que se lixe a ciência, fora com os Direitos Humanos, cadeia com os que não pensam como eles!

Onde é que eu já vi isto???

Dizia um dos idiotas no outra dia que, isto do “marxismo cultural” está como está porque as mulheres agora podem votar e elas só votam em quem as seduz.

Estes idiotas são mesmo muito preocupantes, porque já chegaram ao poder.

Burras e susceptíveis que somos, fomos sendo seduzidas no voto até ficarmos reduzidas aos galãs, como o Trumpa, o Bolsocoiso, o iliber-Órban… enfim, vocês sabem, aqueles homemzaços que nos fazem tremer do joelho!

Alguém me diz de onde saem estas ostras de pessoas, e como podemos fazê-los parar de cuspir as suas pérolas de estupidez?

Eu sinceramente já não sei, e sinto que não há Jacindas Arderns suficientes no mundo para nos impedir de acabarmos todos em frangalhos.

Fim de desabafo.

EVENTOS