Opinião

Deputados pela região de Leiria, ainda!

18 out 2019 00:00

No entanto, salvo uma ou outra honrosa exceção, mais uma vez isso não aconteceu e perdeu-se mais este momento.

Na sequência do artigo anterior, volto a este assunto agora após as eleições. Existia a expectativa de que o período de campanha permitisse conhecer melhor os deputados candidatos a representar esta região de Leiria, as suas propostas, ideias e projetos, a sua estratégia para o futuro em termos de planeamento e desenvolvimento e quais os compromissos reais e sustentados que assumiriam perante os eleitores.

Assim como tivessem a ousadia de efetuar uma campanha ativa, baseada num combate político frontal e esclarecedor, que galvanizasse o eleitorado e criasse um novo entusiasmo, mobilizando-o e fazendo-o acreditar nos desafios futuros e no seu impacto nesta região, e consequentemente, na sua vida pessoal, familiar e profissional.

No entanto, salvo uma ou outra honrosa exceção, mais uma vez isso não aconteceu e perdeu-se mais este momento.

Daí que já não seja de estranhar os valores elevados de abstenção, que a nível local e nacional se repetem continuadamente, sempre com os diversos responsáveis políticos a expressarem lamentos e motivos para preocupação e reflexão, que não resistem à manifestação do próprio dia, ficando tudo na mesma.

Porque os tempos mudam, os problemas persistem e outros surgem, com necessidade de uma visão de futuro inovadora, impõe-se uma adequação e mudança no estilo e na forma das campanhas e no conteúdo das mensagens transmitidas, sob pena da sua desvalorização, se não forem entendidas como credíveis, transparentes, ponderadas, oportunas, ousadas e sobretudo concretizáveis.

É nesse sentido que o exercício da polí

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?

Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.

Já é assinante? Inicie aqui
SAIBA COMO