Economia

Panicongelados, a empresa de Leiria que vende pão para o Chile

7 abr 2017 00:00

Nos últimos oito anos investiu 18 milhões de euros.

panicongelados-a-empresa-de-leiria-que-vende-pao-para-o-chile-6249
Raquel de Sousa Silva

Produz 1,8 milhões de pães por dia, que vende no mercado nacional e para várias partes do Mundo, nomeadamente para o Chile. Falamos da Panicongelados, empresa do concelho de Leiria que na semana passada recebeu a visita de uma comitiva da Associação Industrial Portuguesa, de que é associada, a propósito dos 180 anos desta.

“Conseguimos, a partir de Portugal, vender para o Chile, somos competitivos. Mas claro que não se trata de pão que também se produz naquele país”, explicou na ocasião o director comercial, adiantando que entre os mercados da empresa estão igualmente o Egipto e a República Dominicana, por exemplo.

Fundada em 1994, a Panicongelados dedica-se à produção de produtos de padaria e pastelaria ultracongelados. Fabrica, por exemplo, 700 mil pastéis de nata por dia. Nos últimos anos tem vindo a apostar na inovação, participando em vários projectos, nomeadamente em parceria com outras entidades. Nos últimos oito anos investiu 18 milhões de euros.

Em 2014, por exemplo, instalou na fábrica, na freguesia de Monte Redondo, uma linha automatizada de produção de pastelaria, ao mesmo tempo que ampliou as linhas de padaria e de pastel de nata. E começou a construção da unidade produtiva no Brasil.

No ano passado, iniciou na fábrica de Monte Redondo um investimento de 12 milhões de euros (candidato a apoiosdo Portugal 2020) que contempla duas novas linhas de produção automáticas, uma para pastel de nata e outra para pastelaria, e armazém.

Leia mais na edição impressa ou torne-se assinante para aceder à versão digital integral deste artigo.

EVENTOS