Viver

Palavra de Honra | Desejo secretamente ser patrocinada pela Nike

27 fev 2020 10:28

Carla António, investigadora

palavra-de-honra-or-desejo-secretamente-ser-patrocinada-pela-nike

- Já não há paciência ... para o Ministro da Ciência. Para a FCT. Para a mediocridade do emprego científico nacional.

- Detesto... sentir-me sem energia. Por isso, faço treino funcional regularmente. Encaro cada treino como uma celebração do potencial do meu corpo para fazer coisas incríveis, quer a nível de força, resistência ou flexibilidade. Divirto-me muito! E o foco e a energia que recebo transfere-se para todas as áreas da minha vida, particularmente, para o bem-estar da minha saúde mental.

- A ideia... de não ter de defender o que já aceitei é muito libertadora.

- Questiono-me se... o provérbio “se estás mal muda-te” não será o mais sábio de sempre?

-Adoro... ter tempo e espaço para estar com os “meus botões”. É nesse lugar reparador que encontro o equilíbrio necessário para proteger o meu sistema nervoso inteiro!

- Lembro-me tantas vezes... como foi sentir que as pessoas certas te ouvem de maneira diferente.

- Desejo secretamente... ser patrocinada pela Nike!

- Tenho saudades... do meu Pai. Foi uma perda profundamente irreparável na minha vida. O luto, na sua fase inicial, é muito confuso. Um vazio enorme deixa-nos suspensos numa dor muito singular e que não conseguimos colocar em palavras. Com ele, iniciei um caminho que me transformou numa mulher mais consciente, capaz de fazer melhores escolhas. Faz-me muita falta o meu Pai.

- O medo que tive... quando colapsei numa corrida oficial. Pensei mesmo que ia morrer naquele dia. Vi a minha vida toda em slide-show. Foi uma experiência traumática, mas que serviu para fortalecer o meu “GPS” interno e me ajudar a não me distrair do que é realmente importante para mim.

- Sinto vergonha alheia... quando vejo uma mulher querer que um homem faça as coisas como ela.

- O futuro... passa por continuar a ser uma mulher em movimento. Tenho sempre planos na minha vida.

- Se eu encontrar... mais amor na minha vida, deixo-o ir e voltar quando ele quiser.

- Prometo... ser melhor do que era ontem.

- Tenho orgulho...na minha sobrinha Sofia! É delicioso poder estar tão presente na vida dela. A Sofia nasceu precisamente no ano em que regressei a Portugal, depois de quase 10 anos fora do país a fazer investigação científica. Dois marcos muito importantes na minha vida.

Assine Já Login

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?
Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.