Sociedade

Cardeal António Marto pede regresso às igrejas "com as devidas cautelas"

29 mai 2020 18:31

Bispo de Leiria-Fátima envia mensagem aos fiéis e escreve que durante o confinamento "houve quem crescesse na fé utilizando os recursos oferecidos nos meios de comunicação digital"

cardeal-antonio-marto-pede-regresso-as-igrejas-com-as-devidas-cautelas
"Os pastores foram cuidadosos na preparação das condições para evitar contágios com o vírus nas nossas assembleias", garante D. António Marto
Ricardo Graça

"Embora com as devidas cautelas e movidos pelo amor aos outros, para nos protegermos mutuamente, aproximemo-nos das nossas igrejas com confiança e sem medo", escreve o cardeal António Marto numa mensagem por ocasião da retoma das celebrações religiosas em comunidade, divulgada esta tarde.

O bispo de Leiria-Fátima assegura que "os pastores com os respectivos colaboradores foram cuidadosos na preparação das condições para evitar contágios com o vírus nas (...) assembleias".

"Se alguma coisa aprendemos nesta dolorosa experiência, é que todos precisamos de todos para nos protegermos e cuidarmos. Assim é também nas comunidades cristãs, não apenas para a saúde, mas também para o cuidado dos mais pobres e fragilizados e para crescemos juntos como família cristã chamada a viver e a dar testemunho da “alegria do Evangelho”, lê-se no texto publicado hoje.

O cardeal agradece aos fiéis "todo o (...) esforço, sacrifícios e testemunho de fé" durante o tempo de confinamento e de ausência de celebrações comunitárias.

"Sei que custou muito, mas também que houve quem crescesse na fé utilizando os recursos oferecidos nos meios de comunicação digital. Houve famílias que redescobrirem a graça de serem “Igrejas domésticas” e puderam aprofundá-la. Espero que toda vida cristã que foi provada e cresceu, se mantenha e desenvolva agora com maior apoio e comunhão da comunidade cristã", refere.

Leia a mensagem na íntegra aqui.

 

Assine Já Login

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?
Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.