Sociedade

Alvaiázere apresenta risco muito elevado de incêndio

21 jun 2020 11:39

Outros onze concelhos da região têm risco elevado

alvaiazere-apresenta-risco-muito-elevado-de-incendio
Redacção/Agência Lusa

Os concelhos de Tavira, Alcoutim, Loulé, São Brás de Alportel, no distrito de Faro, e do Gavião, no distrito de Portalegre, apresentam hoje um risco máximo de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

O IPMA colocou em risco muito elevado de incêndio 40 concelhos do País, entre os quais Alvaiázere.

Castanheira de Pera, Figueiró dos Vinhos, Ansião, Pedrógão Grande, Leiria, Marinha Grande, Ourém, Batalha, Porto de Mós, Caldas e Óbidos têm um risco elevado de incêndio.

O risco de incêndio determinado pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera tem cinco níveis, que vão de reduzido a máximo.

Os cálculos são obtidos a partir da temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

O IPMA prevê para hoje no continente céu pouco nublado ou limpo, apresentando-se temporariamente muito nublado no litoral a norte do Cabo Raso até ao final da manhã e no final do dia.

As previsões apontam também para a possibilidade de ocorrência de períodos de chuva fraca ou chuvisco no Minho durante a manhã e de formação de neblina ou nevoeiro matinal em alguns locais do litoral a norte do Cabo Raso.

O vento estará fraco a moderado do quadrante norte, soprando moderado a forte na faixa costeira ocidental a sul do Cabo Carvoeiro a partir da tarde, e nas terras altas em especial até ao meio da manhã e a partir do final da tarde.

Também é esperada para hoje uma pequena subida de temperatura.

As temperaturas máximas no continente vão oscilar entre os 22 graus Celsius no Porto e os 34 em Faro e Évora.

Assine Já Login

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?
Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.