Opinião

Uma nova crise financeira global?

1 jun 2018 00:00

Desde 2008 que a taxa de rendimento dos títulos do Tesouro dos Estados Unidos não atingia um nível tão elevado, superando mesmo os 3%.

Os investidores internacionais continuam muito “nervosos” com o crescente aumento da taxa de rendimento dos títulos do Tesouro dos Estados Unidos visto acreditarem que se esta tendência se mantiver todo o mercado financeiro internacional será afetado e uma nova crise global é inevitável.

Importa referir que a taxa de rendimento dos títulos do Tesouro a 10 anos dos Estados Unidos acaba por ser, mesmo que informalmente, uma referência para todo o mercado financeiro internacional, servido de base para a rendibilidade dos títulos de dívida soberana de muitos países.

Um aumento do seu valor leva os mercados a anteciparem um aumento das taxas de juro. Este aumento leva as empresas a diminuírem os empréstimos e como consequência a diminuírem o investimento fazendo com que os mercados financeiros se tornem menos rentáveis.

Desde 2008 que a taxa de rendimento dos títulos do Tesouro dos Estados Unidos não atingia um nível tão elevado, superando mesmo os 3%.

Segundo o banco Morgan Stanley, com uma taxa de rendibilidade do Tesouro americano a 10 anos um pouco superior a 3% o sistema financeiro americano poderá

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?

Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.