Opinião

Regionalização e outros problemas

3 mai 2019 00:00

Nessa altura fui contra e fiz campanha por isso, juntamente com o meu saudoso amigo Ernani Lopes.

1. A regionalização aí está de novo, para mal dos nossos pecados. Querem voltar à carga aprovando na secretaria aquilo que o povo reprovou no referendo de 8 de Novembro de 1998.

Nessa altura fui contra e fiz campanha por isso, juntamente com o meu saudoso amigo Ernani Lopes. Ganhámos e pôs-se por isso um ponto final no assunto, que agora ressurge de forma traiçoeira, enganadora.

A propósito deste problema da regionalização e aproveitando alguma preparação técnica sobre o assunto (uma pós-graduação em planeamento regional e urbano) escrevi neste jornal cinco artigos de que alguns leitores certamente se recordarão.

Num deles enumerava as supostas vantagens da regionalização, que agora repito: desenvolver de forma equilibrada todas as partes do País; combater as assimetrias territoriais; defender a igualdade de oportunidades; reforçar a coesão nacional; promover a solidariedade nacional.

Terminava dizendo que tudo isto são objectivos incontestáveis que devem ser prosseguidos, mas sem necessidade absoluta de uma qualquer regionalização. Concluía, em face disso, que a regionalização era um erro colossal, uma reforma inútil.

E fiquei feliz por o eleitorado assim o entender. Hoje não seria tão radical, quanto mais não seja porque aceito uma orgânica especial para as áreas metropolitanas.

Não as trinta e tal que o inefável Relvas propunha, mas apenas as duas que efectivamente temos: a de Lisboa e a do Porto.

Quanto ao resto do território, bastar-nos-ão as associações de municípios em vigor e o bom aproveitamento mesmo de algumas estruturas locais como as que tive oportunidade de ver numa muito recente visita a aldeias tradicionais da Beira Alta.

Há muitas formas de desenvolver o

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?

Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.

Se efectivar a sua assinatura durante o mês de Maio, 10€ reverterão para o combate à fome na nossa região.

#SEMFOMENAREGIÃO

Junte-se a uma grande causa

Ao assinar o Jornal de Leiria durante o mês de Maio, está a contribuir com 10€ para o combate à fome na nossa região.

Uma iniciativa com o apoio Makro

Saiba mais aqui.