Opinião

Outono, outro tom

24 out 2019 10:46

As alterações climáticas, sendo uma evidência e com consequências imprevisíveis, não são passíveis de um diagnóstico certeiro.

Ruínas
Se é sempre Outono o rir das
primaveras,/ Castelos, um a
um, deixa-os cair…/ Que a
vida é um constante derruir/
De palácios do Reino das
Quimeras!


E deixa sobre as ruínas crescer
heras./ Deixa-as beijar as
pedras e florir!/Que a vida é
um contínuo destruir/ De
palácios do Reino de
Quimeras!

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?

Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.

Já é assinante? Inicie aqui
SAIBA COMO