Opinião

Não é por “ACASO” que temos um “Nariz”

30 set 2017 00:00

É hoje que se inicia a 22.ª edição do ACASO, festival organizado pela Companhia de Teatro “O Nariz”.

Este é um festival que o Pedro Oliveira e a Vitória Condeço, diretores da companhia, nos habituaram a esperar como um momento alto na vida cultural do nosso concelho e, pela extensão do programa a concelhos limítrofes, um excelente exemplo do potencial de formação, produção e programação cultural de elevada qualidade que Leiria quer assumir face ao país.

O cartaz deste ano destaca-se pela qualidade e diversidade das propostas estéticas dos espetáculos, bem como pela multidisciplinariedade das iniciativas que incluem o lançamento de livros, uma exposição, leitura encenada e música.

Não é por acaso que temos este festival e esta companhia. Um evento com esta qualidade e prestígio implica um entendimento e compromisso consistente entre uma ideia e a sua execução. O elevado nível de qualidade atingido na edição deste ano deve, pois, ser considerado como o resultado de uma maturação.

Um projeto cultural só merece esse nome quando – a exemplo do Nariz – se alicerça numa formação cuidada e que carece de anos para se fundamentar; quando a sua produção se faz num contínuo evolutivo e com uma definição precisa dos modelos epistemológicos que norteiam a atividade de uma companhia; quando programa no sentido de um apuramento da sensibilidade e gosto para os desafios que comporta a diversidade estética com que se formam públicos.

Naturalmente tal processo implica o apoio inequívoco e continuado das entidades que a montante deverão entender o, por vezes, longo intervalo de tempo necessário para a consolidação dos projetos.

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?

Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.

Já é assinante? Inicie aqui
SAIBA COMO