Opinião

Hoje

25 jun 2020 15:32

Somos pessoas, sentimentos, vidas, que juntas formam um puzzle que, por agora, luta munidas-separadas.

Hoje… parece ser uma palavra monótona, um instante sem graça, que inconscientemente dizemos e vemos passar.

Agora, está carregado de esperanças e paciência. Não só por parte dos portugueses, mas do mundo.

Sentimos falta do Ontem.

Falta daquilo que nos trouxe e habitou, que instantaneamente tomámos como garantido. Tomámos como garantido os afetos, as viagens, o conhecimento do mundo, as pessoas, a liberdade, os sonhos que deixámos por realizar depois.

Neste momento, temos consciência que sem tecnologia, sem evolução, aprendizagem, vontade e coragem, nada se faz…

Mas vemos que não somos apenas números, máquinas programadas ou conjuntos de átomos num universo que têm uma finalidade.

Somos pessoas, sentimentos, vidas, que juntas formam um puzzle que, por agora, luta munidas-separadas.

Neste tempo diferente e nunca antes visto, é-nos impedido conhecer lugares desconhecidos, de demonstrar o amor que temos pelos nossos da maneira que nos habituámos.

Esta nova realidade limita o nosso conhecimento por experiência e talvez até teórico.

Diminui o nosso horizonte a um click.

Limita-se ao que vemos através de um ecrã e sorte daqueles que o têm.

Mas não limita os nossos sonhos, o nosso amor, a nossa vontade, a nós.

O mundo está parado, se movimentado aos poucos e poucos, com avanços e recuos, mas com a ânsia que isto será apenas Hoje.

Aguardamos por um Amanhã melhor que ontem.

Ansiamos por ter um abraço forte à nossa espera de quem amamos e até de quem ainda não conhecemos.

Esperanços os que o mundo aprenda e melhore a sua forma de pensar, de agir perante todas as situações, a sensibilidade perante o resto da sociedade.

Que lute. Não sozinho, mas com todos que o rodeiam.

“Tudo vai ficar bem” e aí, esperaremos que estejamos dispostos a aprender a agarrar o momento presente, as pessoas, os sonhos e oportunidades e a dar valor ao que temos, enquanto temos.

Queremos mostrar o nosso amor por quem amamos, mais do que ontem. O Agora, ensinou-nos quetudo se resolve. Que não existem apenas países, fronteiras, rivalidades, oceanos que nos separam…

Mas existem pessoas, culturas, amor, união entre todos e um céu por cima de nós que nos une.

O Hoje é um ensinamento para o Amanhã, pois será melhor que Ontem. Porquê? Porque conseguiremos juntos-separados, ultrapassar o que nos limita a quatro paredes e assim, finalmente, aprendermos e estarmos unidos-juntos.

Assine Já Login

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?
Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.