Opinião

Greta Thunberg - contra a resignação

5 abr 2019 00:00

Já quase desesperei, frente a alunos adolescentes, desinteressados de tudo, de todas as matérias, parecendo vogar nas ondas do acaso, sem vontade de conhecer e saber.

Sim. Os educadores confrontam-se inevitavelmente com ciclos alternados de ânimo e desânimo. Num mesmo ano, na mesma turma...

Já quase desesperei, frente a alunos adolescentes, desinteressados de tudo, de todas as matérias, parecendo vogar nas ondas do acaso, sem vontade de conhecer e saber.

E até já apanhei, ao longo de minha vida de quase quatro décadas de aulas, alunos oportunistas (só nos apercebemos depois…) e outros inteligentemente manipuladores (os mais “perigosos”!) e outros mal educados.

Que nos confrontam, perturbam e cansam quase até à exaustão e nos deixam com muitas dúvidas de como será o futuro com eles. E ficamos por vezes interiormente convictos, embora não o possamos dizer alto porque é uma heresia quando falamos de educação, que nem todos crescem como bons seres e que nem todos serão boas pessoas.

Mas, depois, ao contrário, quantas vezes nos renovamos com jovens magníficos, que nos fazem esquecer todos os desânimos? Não apenas por eventualmente serem bons alunos, mas sobretudo por serem sensíveis, educados, cultos, empenhados, preserverantes, sonhadores. Jovens que nos preenchem a “alma”, nos deixam cheios de energia e confiantes, por que não dizê-lo, no futuro que há-de vir.

Comovi-me com o testemunho de Greta Thunberg, a jovem que lançou o movimento #Schoolstrike4climate. E fiquei esperançado que o seu apelo à greve estudantil mundial – para que seja dada prioridade governamental à crise climática-, fosse amplamente tido em conta.

Porque não se trata de uma acção própria de um devaneio juvenil, a olhar condescendentemente. Trata-se, em primeiro lugar, da consciência que o nosso mundo caminha para uma ruptu

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?

Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.

Se efectivar a sua assinatura durante o mês de Maio, 10€ reverterão para o combate à fome na nossa região.