Viver

Um palco unido contra o cancro

22 fev 2018 00:00

Vários artistas da região, como Sofia Lisboa, André Barros ou a banda Whales, juntam-se, esta sexta-feia, dia 23, no palco do Teatro José Lúcio da Silva para um espectáculo solidário a favor do Hospital de Dia de Oncologia do hospital de Leiria

um-palco-unido-contra-o-cancro-8180
Maria Anabela Silva

A música, a dança e a performance vão estar juntas, esta sexta-feira, no palco do Teatro José Lúcio da Silva (TJLS), para um espectáculo solidário a favor do Hospital de Dia do Centro Hospitalar de Leiria, que presta apoio a doentes oncológicos.

Intitulado Reagir 2018 – As Artes de Leiria dão luta ao cancro, o evento pretende sensibilizar a população para a importância da prevenção na luta contra o cancro e melhorar as condições de conforto, bem-estar e apoio técnico das instalações onde aqueles doentes são tratados.

Pelo palco, passarão Sofia Lisboa, que foi vocalisvocalista dos ex-Silence 4 e que já enfrentou um tumor, o pianista André Barros, que estará acompanhado de Tiago Ferreira ou a banda Whales, vencedora da edição de 2016 do Festival Termómetro, um dos mais prestigiados concursos de música em Portugal.

Com início marcado para as 21:30 horas, o espectáculo far-se-á também com a beleza da dança dos alunos da escola Annarella e das sonoridades swing da SwingSamp, da Sociedade Artística e Musical dos Pousos (SAMP). A Orquestra de Sopros do Orfeão de Leiria Conservatório de Artes e o Grupo Coral da Casa de Pessoal do Hospital de Santo André completam o cartaz do espectáculo.

Para acolher o público, estará patente no foyer do teatro uma exposição com pósteres informativos sobre diversas patologias oncológicas, quadros feitos e oferecidos pelos utentes do Hospital de Dia ao serviço e fotografias que ilustram os diversos serviços e actividades realizadas no CHL.

No decorrer da noite, passarão também pelo palco as peças de arte que estão a leilão e que foram oferecidas por três artistas de Leiria que, através do seu talento, se quiseram associar à iniciativa. Foi o caso do músico David Fonseca, que doou uma fotografia, da artista plástica Sílvia Patrício, que colaborou com uma pintura a óleo e de Abílio Febra, que ofereceu uma escultura em madeira.

 

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?

Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.

Já é assinante? Inicie aqui
SAIBA COMO