Sociedade

Tribunal de Leiria vai julgar 35 arguidos que terão lesado o Estado em cerca de 4 milhões

8 nov 2018 00:00

Grupo terá criado esquema de facturas falsas.

tribunal-de-leiria-vai-julgar-35-arguidos-que-terao-lesado-o-estado-em-cerca-de-4-milhoes-9453

Trinta e cinco arguidos, dos quais 14 empresas das áreas dos mármores, pedra, mobiliário e consultadoria e construção começam a ser julgados pelo Tribunal de Leiria no próximo dia 13 de Novembro.

Segundo o despacho de acusação do Ministério Público a que o JORNAL DE LEIRIA teve acesso, os arguidos estão acusados dos crimes de fraude fiscal qualificada e fraude fiscal na forma continuada, por alegadamente terem lesado o Estado em cerca de quatro milhões de euros, entre 2008 e 2011.

De acordo com a acusação, no início de 2008, um dos principais arguidos, natural de Estremoz, “no âmbito da exploração e comercialização de pedra mármore para a Arábia Saudita” terá criado “um circuito documental”, com “transacções fictícias”.

Seriam emitidas facturas sem que existisse qualquer transacção comercial, “com o intuito de gerarem o direito à devolução do imposto IVA 

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?

Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.

Já é assinante? Inicie aqui
SAIBA COMO