Sociedade

Sofrimento não termina com o fim da violência doméstica

26 nov 2015 00:00

Comemorou-se esta quarta-feira, dia 25, o Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra as Mulheres. Entre Janeiro e Outubro, o Comando da PSP de Leiria registou 264 denúncias

sofrimento-nao-termina-com-o-fim-da-violencia-domestica-2559

“Parem com este silêncio. Esse silêncio pode levar à morte. Basta. Eles não são nossos donos. Denunciem.” É assim, com a voz embargada, que Francisca (nome fictício) deixa o alerta para as muitas mulheres que sofrem no silêncio das suas casas a violência gratuita, verbal ou física, de alguém que lhes diz “amo-te”.

Até Outubro, o Comando da PSP de Leiria registou 264 denúncias por violência doméstica, menos quatro que em igual período do ano passado. Das denúncias de 2015, a PSP registou duas realizadas por menores, sendo uma entre namorados e outra entre ex- -namorados.

Na quarta-feira, dia 25, assinalou-se o Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra as Mulheres. Todos os anos morrem mulheres, vítimas de uma agressão dos seus companheiros. Outras sofrem em silêncio. As que conseguem sair de casa não deixam de sofrer, porque deixaram uma vida para trás, por vezes, filhos e netos. Mas sentem-se seguras.

É para ajudar estas vítimas que existem casas de abrigo. Algures em Pombal existe uma, com 12 mulheres – a lotação máxima - que percorreram centenas de quilómetros à procura de um porto seguro.

É o caso de Ana (nome fictício), desde Agosto na Casa de Abrigo para Mulheres Vítimas de Violência de Pombal. “O meu marido maltratava-me. Batia-me, chamava-me nomes e dizia que eu tinha amantes. Aguentei com muito sofrimento. Mas houve um dia que disse: 'basta deste sofrimento'”, recorda com as lágrimas nos olhos.

Leia mais na edição impressa ou faça registo e descarregue o PDF gratuitamente

#SEMFOMENAREGIÃO

Junte-se a uma grande causa

Ao assinar o Jornal de Leiria durante o mês de Maio, está a contribuir com 10€ para o combate à fome na nossa região.

Uma iniciativa com o apoio Makro

Saiba mais aqui.