Saúde

Região de Leiria pode receber 84 novos médicos

4 ago 2018 00:00

O Governo autorizou a abertura de novos concursos para a contratação de 84 médicos das áreas hospitalar, de Medicina Geral e Familiar em unidades de saúde da região de Leiria, de um total de 1234 vagas disponíveis a nível nacional.

regiao-de-leiria-pode-receber-84-novos-medicos-9045
Jacinto Silva Duro

De acordo com a informação publicada em Diário da República, a maior fatia de clínicos está destinada ao Centro Hospitalar de Leiria, onde foram abertos 37 lugares para as especialidades de Anatomia Patológica, Anestesiologia, Cardiologia, Cirurgia Geral, Endocrinologia e Nutrição, Gastrenterologia, Ginecologia/Obstetrícia, Hematologia, Medicina Interna, Nefrologia, Neurocirurgia, Oftalmologia, Oncologia, Ortopedia, Otorrinolaringologia, Pediatria, Pneumologia, Psiquiatria, Radiologia e Reumatologia. Relativamente ao Centro Hospitalar do Oeste estão disponíveis 26 vagas para Anestesiologia, Cardiologia, Cirurgia Geral, Gastrenterologia, Ginecologia/Obstetrícia, Imuno-hemoterapia, Medicina do Trabalho, Medicina Física e de Reabilitação, Medicina Interna, Neurologia, Oftalmologia, Ortopedia, Otorrinolaringologia, Pediatria, Pneumologia, Psiquiatria e Urologia.

Com o objectivo de “dotar os serviços e estabelecimentos de saúde dos recursos humanos em número adequado aos cuidados a prestar”, o Governo pretende ainda contratar 21 novos médicos de Medicina Geral e Familiar.

Para o Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Pinhal Litoral foram abertas 15 vagas, dos quais quatro serão para a Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados (UCSP) de Porto de Mós, três para a UCSP Norte (Arnaldo Sampaio) e dois para as UCSP Colipo e Flor do Liz. Está previsto ainda o reforço de um médico para as UCSP Fonte do Rei, Sicó, Vale do Arunca e Cidade e as Serras.

6
Para o ACES Oeste Norte, o Governo disponibilizou seis lugare:s para Alcobaça, Bombarral (2), Caldas da Rainha, Óbidos e Peniche. Aguardam-se ainda que fiquem preenchidas as vagas para mais um médico de família nas UCSP de Ansião, Castanheira de Pera e Ourém