Sociedade

Quinze anos depois da inauguração, há projecto para concluir o estádio

29 nov 2018 00:00

Arquitecto Pedro Cordeiro vence concurso de ideias, com uma proposta que contempla uma fachada em vidro e uma cobertura ajardinada.

Imagem: DR
Imagem DR
Imagem DR
Imagem DR
Imagem DR
Imagem DR
Imagem DR
Imagem DR
Imagem DR
Imagem DR
Maria Anabela Silva

A fachada totalmente em vidro e a cobertura ajardinada são duas das marcas da proposta vencedora do concurso de ideias para o topo Norte do estádio de Leiria, apresentada pelo arquitecto Pedro Cordeiro.

O objectivo é concluir aquele anel, inacabado há 15 anos, com a criação de um centro de negócios para empresas do sector das TICE (Tecnologias da Informação, Comunicação e Electrónica) e de um centro associativo. Por definir, está instalação de serviços de Finanças na torre nascente.

O resultado do concurso foi conhecido esta terça-feira, em reunião de Câmara, onde o presidente do Município, Raul Castro, revelou que o investimento – cerca de 7,5 milhões de euros -, deverá ser amortizado em dez anos.

O início da obra acontecerá só em 2020, com o próximo ano a servir para o desenvolvimento dos projectos de arquitectura e especialidades, a cargo do gabinete vencedor – o mesmo que ganhou o concurso de ideias para o pavilhão multiusos -, e do lançamento da empreitada.

“Esta é uma obra que irá marcar o futuro de Leiria”, afirmou Gonçalo Lopes, vereador do Desenvolvimento Económico, que considera que a proposta vencedora cumpre o objectivo de concluir o estádio com “uma solução inovadora” e propondo “um edifício moderno”.

Será, no entender da autarquia, uma opção que contribuirá para “minimizar o impacto negativo do estádio relativamente ao Castelo, e da imagem que este apresenta visto desde a zona do mercad

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?

Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.