Sociedade

População de Ourém ganha big brother para controlar deputados municipais

28 set 2018 00:00

Assembleia Municipal cria plataforma digital e inaugura monumento de homenagem aos eleitos locais.

populacao-de-ourem-ganha-big-brother-para-controlar-deputados-municipais-9294
Jacinto Silva Duro

A população de Ourém vai poder controlar, mais de perto, a actividade dos membros da Assembleia Municipal (AM). Através de uma plataforma online, que deverá ficar disponível a partir desta sexta-feira, os munícipes vão, por exemplo, saber quem esteve presente em cada sessão, qual o sentido de voto dos eleitos em cada ponto, que intervenções fazem ou sobre que temas falam e durante quanto tempo.

Estas são algumas das funcionalidades da plataforma, que pretende também “facilitar” a gestão dos trabalhos da AM. Nesse sentido, a nova ferramenta fará a contabilização automática dos votos, o controlo das presenças e das substituições e até das incompatibilidades dos eleitos.

“Se, num determinado assunto, o deputado não poder votar porque, por exemplo, pertence aos órgãos sociais de uma associação, o sistema permite fazer esse controlo”, explica João Moura, presidente da AM. A plataforma foi apresentada, na segunda-feira, em conferência de imprensa, que serviu também para o presidente da AM anunciar criação de um monumento de homenagem aos eleitos locais, a inaugurar amanhã.

Este elemento escultórico, instalado em frente aos antigos Paços do Concelho, pretende “perpetuar no tempo” o reconhecimento a “todos os que já passaram, estão em funções ou que venham a representar” os vários órgãos autárquicos locais.

Entretanto, este ano lectivo arrancará o projecto AJO, também promovido pela AM, que integrará os planos curriculares de todas as turmas do concelho do 5.º ao 12.º ano. O objectivo é “envolver os jovens nas políticas municipais”, desafiando- os a propor ideias para o concelho.