Sociedade

Parque da cidade de Fátima vai nascer em antiga pedreira

30 jun 2016 00:00

Projecto inclui jardim com 100 árvores evocando o Centenário das Aparições.

parque-da-cidade-de-fatima-vai-nascer-em-antiga-pedreira-4511
Maria Anabela Silva

No final da primeira metade do século XX, o local foi esventrado para retirar parte da pedra usada na construção da primeira basílica de Fátima, dedicada a Nossa Senhora do Rosário. Mais de 50 anos depois, a antiga pedreira, localizada em Moimento num terreno propriedade da Junta de Freguesia, vai ganhar nova vida, com a construção do futuro parque da cidade de Fátima, que poderá vir a designarse “parque do Centenário”.

O nome ainda não está decidido, mas parece certo que a obra será uma realidade no curto prazo. A meta da Junta deFreguesia é que o projecto seja concretizado em 2017, no âmbito das comemorações do Centenário das Aparições.

Na recente cerimónia do Dia do Município de Ourém, realizada em Fátima, o presidente da Câmara, Paulo Fonseca, anunciou o apoio da autarquia a este projecto, que pretender ser “uma nova centralidade” na freguesia.

Humberto Silva, presidente da junta, frisa que esta é uma das “grandes lacunas da cidade”, lembrando que, “com excepção das zonas verdes do Santuário e de um pequeno jardim, com cerca de 500 metros quadrados”, construído junto à escola de Lomba d’ Égua, “Fátima não tem um espaço de lazer”. “Os fatimenses e os nossos visitantes merecem-no”, afirma.

Leia mais na edição impressa ou torne-se assinante para aceder à versão digital integral deste artigo

 

#SEMFOMENAREGIÃO

Junte-se a uma grande causa

Ao assinar o Jornal de Leiria durante o mês de Maio, está a contribuir com 10€ para o combate à fome na nossa região.

Uma iniciativa com o apoio Makro

Saiba mais aqui.