Desporto

O Luís quer, o Luís sonha e a obra nasce

12 dez 2019 09:55

Luís Boal, um rapaz de Alqueidão da Serra, é um empreendedor nato. Aos 20 anos, tem em marcha uma série de projectos que visam dar visibilidade ao BMX, cada vez com menos palco

o-luis-quer-o-luis-sonha-e-a-obra-nasce
Fica a nossa previsão: este miúdo vai longe
Ricardo Graça

Encontramos Luís Boal num barracão de aparência decrépita à beira da estrada, perdido no meio de um bosque de carvalho-cerquinho, lá para os lados de Alqueidão da Serra, no concelho de Porto de Mós.

Foi, durante anos, um espaço como tantos outros naquela região, dedicado à calçada portuguesa. Ficou, depois, ao desdém, até que nos últimos tempos voltou a ter actividade, ainda que completamente diferente. A pedra calcária foi trocada por rodas.

Num concelho com algumas das melhores pistas de downhill do País, como a do Figueiredo e mesmo a de Alqueidão da Serra, não é difícil os jovens terem um carinho especial pelas duas rodas.

Neste mundo, quem tem as loucas descidas das serras de Aire e Candeeiros só pode pensar naquilo e foi assim que, seguindo os passos de um primo mais velho, Luís Boal se agarrou ao volante e aos pedais por volta dos oito anos. Foi tanto o entusiasmo que não mais os quis largar. Até hoje.

Quando entramos no galpão, sentimo-nos num subúrbio de uma qualquer megalópole do primeiro mundo. Rara é o dia em que não vai fazer umas manobras. Só ou acompanhado. Naquele espaço da família, até então votado ao abandono, este rapaz de 20 anos decidiu há coisa de um ano criar o Rampyard Park.

Arranjou o patrocínio de uma marca de ferramentas e com a ajuda dos amigos, pintou, serrou, martelou, cortou. “Fomos buscar umas rampas abandonadas a Leiria, que iam ser destruídas.” Consertou-as, deu-lhes uma nova vida e novos utilizadores. Depois, foi só curtir, saltar, fazer manobras.

No fundo, este brinde que ofereceu a toda a comunida

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?

Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.

Se efectivar a sua assinatura durante o mês de Maio, 10€ reverterão para o combate à fome na nossa região.