Viver

Museu de Leiria procura histórias do plástico nas nossas vidas

18 out 2017 00:00

Instituição está a pedir auxílio para a criação de um espólio com os mais antigos objectos produzidos em plástico na região.

museu-de-leiria-procura-historias-do-plastico-nas-nossas-vidas-7369
Jacinto Silva Duro

“Partilhe connosco e com Leiria os brinquedos de infância, sua, dos pais e avós, os artefactos do vosso quotidiano, os objectos de devoção, rádios, telefones, talheres, caixas, móveis, sapatos, candeeiros, chávenas... Apelamos à vossa memória e à memória dos vossos familiares. Procurem nos caixotes guardados na cave, nos armários fechados há décadas e nas caixas esquecidas no sótão e cobertas de pó”, solicita, em comunicado o espaço muselógico que, em associação com o projecto de investigação O Triunfo da Baquelite – Contributos para uma história dos plásticos em Portugal, prepara uma exposição sobre a História dos Plásticos. 

A região alberga um grupo extenso de indústrias de moldes e transformação de plástico, onde se encontra algumas das mais antigas unidades de fabrico de todo o País, instalada em meados de 1930. 

Os objectos em plástico são tão comuns no nosso quotidiano que raramente reparamos neles, mas, em Portugal, apenas, desde os anos 40 do século XX, moldam a nossa percepção da realidade e fazem parte integrante da nossa vida, fosse nos brinquedos, na construção civil ou na produção de equipamentos médicos. A lista é interminável. 

O Museu de Leiria pede que, “para que esta exposição seja verdadeiramente representativa da região, e para que assim o Museu cumpra a sua missão mais nobre, que é a de reflectir o sentir da comunidade em que se insere, desejamos lançar-vos um desafio: os vossos plásticos podem ser importantes. (...) Apelamos à vossa memória e à memória dos vossos familiares. 

Procurem nos caixotes guardados na cave, nos armários fechados há décadas e nas caixas esquecidas no sótão e cobertas de pó. Vamos descobrir juntos as raízes do espírito de inovação que nos caracteriza, e construir a história da nossa região, que se alicerça principalmente nas histórias de cada um de nós. Enviem as vossas descobertas, acompanhadas de fotos dos objectos, para museudeleiria@cm-leiria.pt”.