Sociedade

Menos freguesias com risco elevado de incêndio na região

6 mar 2020 09:31

ICNF retirou 20 localidades e introduziu nove

menos-freguesias-com-risco-elevado-de-incendio-na-regiao
A fiscalização da limpeza dos terrenos é da responsabilidade das autoridades policiais
Elisabete Cruz

O Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) assinalou 42 freguesias com risco elevado de incêndio e que são prioritárias para acções de limpeza, das quais 34 situam-se nos concelhos do distrito de Leiria e oito são no concelho de Ourém. Constata-se uma redução de 11 localidades face a 2019.

A decisão de retirar São Mamede das freguesias prioritárias já levou o presidente da Câmara da Batalha a reagir. Paulo Batista Santos considera "incompreensível" que esta freguesia não figure na lista das prioritárias para efeitos de fiscalização da gestão de combustível, à semelhança do que sucedeu em anos anteriores.

"Esta decisão prejudica a estratégia de prevenção e revela a mais completa incompetência dos responsáveis regionais do ICNF. Ainda há poucas semanas os mesmos técnicos, a par das demais entidades de protecção civil, identificavam como prioritária a marcação da rede primária de gestão de combustíveis, nas freguesias do Reguengo do Fetal e São Mamede, até porque são zonas de fronteira com o Parque Natural da Serra de Aire e Candeeiros", salienta o autar

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?

Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.

Já é assinante? Inicie aqui
SAIBA COMO