Economia

Maçã portuguesa já pode ser exportada para a Guatemala

17 set 2017 00:00

“Boa notícia”, diz presidente da associação de produtores de Alcobaça.

maca-portuguesa-ja-pode-ser-exportada-para-a-guatemala-7143
Raquel de Sousa Silva

“É sempre uma boa notícia quando um novo mercado abre as portas”. É desta forma que Jorge Soares, presidente da Associação de Produtores de Maçã de Alcobaça (APMA) comenta a abertura do mercado da Guatemala, anunciada pelo Governo na semana passada.

Definidas as condições fitossanitárias para a exportação de maçã produzida em Portugal, o fruto pode agora seguir para este mercado sul-americano, onde Jorge Soares vê potencial, por se tratar de um país que “não produz maçã”.

O reforço das exportações é uma das apostas da APMA para a campanha deste ano. A média de vendas de Maçã de Alcobaça ao exterior tem sido de 10%, tendo atingido excepcionalmente os 29% em 2015.

A produção deste ano deverá rondar as 50 mil toneladas passíveis de certificação, o que representa um crescimento superior a 50% face à campanha do ano anterior. É que nesse a produção “caiu muito”, explica o dirigente, adiantando que para o aumento de produção deste ano contribui igualmente o facto de alguns pomares novos já estarem a produzir em pleno.

 

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?

Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.

Já é assinante? Inicie aqui
SAIBA COMO