Sociedade

João Ferreirinho vai à Máquina do Tempo

3 nov 2018 00:00

Andebol é página virada na vida do empresário

joao-ferreirinho-vai-a-maquina-do-tempo-9429

Foi difícil e João Ferreirinho não o nega. Mas, devido a graves complicações de saúde, abandonar o desporto era uma inevitabilidade e hoje, conta o antigo atleta, o andebol é já uma página virada na sua vida, que é agora uma vida de empresário.

Depois de realizar vários exames, o seu médico especialista foi muito preciso e disse-lhe que, apesar de estar ainda na casa dos 20 anos, o jovem já tinha uma coluna semelhante à de um idoso de 60 ou 70 anos. Havia que parar. E o atleta, que tanto fez e que ainda prometia fazer em campo, teve mesmo de parar.

Tinha então 29 anos e guardava as redes do Benfica, quando esses graves problemas da coluna o forçaram a deixar a modalidade, aquela a que se tinha dedicado toda a vida. João Ferreirinho começou por fazer as primeiras defesas na sua cidade, no Académico de Leiria, e jogou durante década e meia, tendo passado pelos maiores clubes.

Em 2001, com 17 anos, deixou Leiria para assinar contrato pelo Sporting. E em 2013, quando teve de abandonar a carreira, defendia a baliza do Benfica. Ao todo, João Ferreirinho somou 65 internacionalizações em todos os escalões. E para trás fica também uma inesquecível conquista de um Campeonato Nacional, em 2008, pelo Benfica, o momento de que mais se orgulha. “Jamais esquecerei esse dia, pois fez-me perceber que vale a pena trabalhar e fazer sacrifícios para se ser bem sucedido”, nota João Ferreirinho. E a sua carreira ainda prometia bastante quando se viu forçado a abandonar a modalidade. E talvez por isso tenha sido uma decisão tão penosa de tomar, reconhece o ex-guarda-redes.

Constituir família, ter filhos e ajudar no negócio da família eram, por essa data, os sonhos a que João Ferreirinho procurava agarrar-se. E conquistou cada um deles, explica hoje o antigo jogador.

João trabalha actualmente na empresa que os paisfundaram há cerca de 30 anos. Recorda que a transição para a Spell One não foi muito difícil, uma vez que desde sempre esteve familiarizado com os cosméticos naturais e com a suplementação alimentar, que eram temas discutidos em família. E os suplementos são também comummente utilizados por quem pratica desporto, acrescenta João.

O regresso a Leiria e a experiência que adquiriu no terreno, neste mundo dos negócios, têm funcionado com um curso intensivo em várias vertentes, relata o empresário. Na empresa familiar, João acompanha a área comercial, mas também a área de design e até os contactos com os laboratórios, explica o ex-atleta.

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?

Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.

Já é assinante? Inicie aqui
SAIBA COMO
EVENTOS