Login
Esqueci a password

Se esqueceu o seu Username ou a sua Password envie-nos o seu e-mail e receberá os seus dados de acesso por e-mail.

Se não sabe que endereço de e-mail utilizou no seu registo, por favor contacte os nossos serviços através do nosso e-mail assinantes@jornaldeleiria.pt.

Para procurar palavras exactas utilize aspas. Ex: "Castelo de Leiria" "Jornal de Leiria"
Área restrita

A secção que pretende aceder é restrita a assinantes do Jornal de Leiria. Para se tornar assinante vá à área Assinatura.

Se já for assinante da edição impressa, pode registar-se na edição online, sem custos adicionais.

Caso já tenha um registo, efectue login.

Incêndio em Alvaiázere lavra há dois dias

Sociedade

08 Outubro 2017

Incêndio em Alvaiázere lavra há dois dias

Fogo em Pombal reactivou-se hoje, mas já está controlado.

O incêndio que começou às 15:42 de sábado em Alvaiázere continua a não dar tréguas aos bombeiros.

Às 18 horas de domingo, o fogo era o segundo no País, no activo, que mobilizava mais elementos no terreno.

Em declarações à Agência Lusa, a presidente da Câmara de Alvaiázere, Célia Marques, disse acreditar que com a ausência de vento e a redução da temperatura do ar ao final do dia pudesse ajudar no combate.

O incêndio, de acordo com a informação disponibilizada pela página da internet da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) estava a ser combatido às 18 horas por 201 operacionais, apoiados por 65 meios terrestres.

A presidente da Câmara abordou ainda as declarações de sábado do secretário de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes, que considerou que a maioria dos incêndios tem origem criminosa.

“Infelizmente, tudo leva a crer que sim, tudo leva a crer que haja crime. Também cremos que terá sido por esse motivo, até porque à mesma hora, noutro concelho vizinho, Pombal, deflagrou um outro incêndio”, concluiu a responsável.

Uma reactivação do incêndio que começou na sexta-feira em Pombal obrigou hoje, pelas 17 horas à intervenção de 279 bombeiros, 69 meios terrestres e um meio aéreo.

De acordo com a página de internet da Autoridade Nacional de Proteção Civil, este incêndio começou na sexta-feira, 14:14, em Vila Cã.

Este fogo chegou a mobilizar, ainda na sexta-feira, mais de 400 bombeiros.

Segundo a Agência Lusa, a reactivação ficou controlada pelas 17:30 horas.

Agência Lusa/Jornal de Leiria

Jornal de Leiria
RedacçãoJornal de Leiria redaccao@jornaldeleiria.pt






Os comentários são da exclusiva responsabilidade do utilizador