Sociedade

Há um percurso pedestre que lhe conta tudo sobre a Vieira

4 jun 2016 00:00

Preparado para uma caminhada de 11 quilómetros? Começa e acaba na foz do rio Lis.

ha-um-percurso-pedestre-que-lhe-conta-tudo-sobre-a-vieira-4244

Preparado para uma caminhada de 11 quilómetros? Na Praia da Vieira, o percurso pedestre que começa e acaba na foz do rio Lis é uma espécie de 2 em 1 – a oportunidade para esticar as pernas e, ao mesmo tempo, enquanto coloca um pé à frente do outro, ganhar bagagem para as conversas de elevador. Isto porque o trajecto inaugurado no ano passado inclui o Guia da História e Natureza Praia da Vieira, desenvolvido com o apoio científico da Universidade de Aveiro.

Mas há mais: segundo o presidente da junta de freguesia, Joaquim Tomé, trata-se do "único percurso pedestre do concelho [da Marinha Grande] homologado internacionalmente". Talvez por este motivo, tem sido "muito procurado", sobretudo "por estrangeiros", explica o autarca. Ao longo da rota, há placas informativas com conteúdos sobre a história e etnografia da Vieira, a arte xávega, a fauna e a flora local. 

Joaquim Tomé está convencido que o potencial da região para o turismo ambiental é "muito grande". E destaca a proximidade com o Pinhal do Rei, a mata nacional que se estende por quilómetros e quilómetros junto ao mar, numa área equivalente a dois terços do concelho da Marinha Grande.

O percurso pedestre Pequena Rota PR1 está construído em forma circular e começa, em teoria, na foz do Lis. Daí segue através da marginal da Praia da Vieira, entra pelo pinhal e junta-se à margem do rio até à ponte da Bajanca, de onde regressa ao ponto de partida. São 11 quilómetros com dificuldade baixa que percorrem diferentes habitats, da zona estuarina ao sistema dunar, passando pela frente marítima. 

Leia mais na edição impressa ou torne-se assinante para aceder à versão digital integral deste artigo.

#SEMFOMENAREGIÃO

Junte-se a uma grande causa

Ao assinar o Jornal de Leiria durante o mês de Maio, está a contribuir com 10€ para o combate à fome na nossa região.

Uma iniciativa com o apoio Makro

Saiba mais aqui.