Desporto

Federação dá Campeonato de Portugal por terminado e não haverá descidas

8 abr 2020 14:45

Aflita União de Leiria fica com a manutenção garantida com decisão da Federação Portuguesa de Futebol

federacao-da-campeonato-de-portugal-por-terminado-e-nao-havera-descidas
Com dificuldades financeiras, União de Leiria lutava pela manutenção
Ricardo Graça

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) reuniu-se, esta quarta-feira, por teleconferência, com as associações distritais para analisar o impacto da pandemia o futebol sénior não profissional do País.

Em comunicado, afirma que “continuam a não estar reunidas as condições de saúde pública para que clubes com estruturas amadoras, como é próprio das provas em que participam, possam treinar e competir em segurança”.

Declara ainda ser “imprevisível” antever se as condições de saúde pública “estarão reunidas ainda durante esta época desportiva”.

Assim sendo, “entendeu dar por concluídas, sem vencedores, todas as suas competições seniores que se encontram nesta data suspensas, não sendo atribuídos títulos nem aplicado o regime de subidas e descidas”.

Desta forma, a União de Leiria e o Marinhense, que disputavam a manutenção no Campeonato de Portugal, têm a continuidade garantida no terceiro escalão do futebol nacional, tal como os mais tranquilos Caldas SC e CD Fátima, bem como o Atlético Ouriense e o aflito GDC A-dos-Francos na 1.ª Divisão de futebol feminino.

No futsal, o Burinhosa já tinha a manutenção garantida na Liga, enquanto o Olho Marinho volta a falhar a subida, pela terceira temporada consecutiva, ao patamar mais alto. Na 2.ª Divisão salvam-se o aflito GRAP e os mais tranquilos Amarense, Arnal e Casal Velho, tal como o Golpilheira no Nacional feminino.

A FPF vai comunicar, “com a maior brevidade possível, de que forma serão indicados os dois clubes que acedem à 2.ª Liga de futebol, bem como os representantes de Portugal na Liga dos Campeões de futebol feminino e de futsal masculino”

E “continuará a estudar com as associações distritais e regionais os moldes em que decorrerão as competições nacionais não-profissionais na época 2020/2021”.

Leia o comunicado na íntegra:

A FPF reuniu-se, esta quarta-feira, por teleconferência, com as associações distritais e regionais para análise do impacto da pandemia COVID-19 no futebol sénior não-profissional.

A FPF entende que continuam a não estar reunidas as condições de saúde pública para que clubes com estruturas amadoras, como é próprio das provas em que participam, possam treinar e competir em segurança.

Por outro lado, vigora em Portugal o Estado de Emergência, pelo menos, até ao dia 17 de Abril, sendo possível a sua prorrogação.

Estas circunstâncias impedem o normal decurso das competições, sendo imprevisível antever quando e se tais condições de saúde pública estarão reunidas ainda durante esta época desportiva.

Assim, a Direcção da FPF entendeu dar por concluídas, sem vencedores, todas as suas competições seniores que se encontram nesta data suspensas, não sendo atribuídos títulos nem aplicado o regime de subidas e descidas.

A FPF analisará e comunicará com a maior brevidade possível de que forma serão indicados os dois clubes que acedem à II Liga de futebol, bem como os representantes de Portugal na Liga dos Campeões de futebol feminino e de futsal masculino.

#SEMFOMENAREGIÃO

Junte-se a uma grande causa

Ao assinar o Jornal de Leiria durante o mês de Maio, está a contribuir com 10€ para o combate à fome na nossa região.

Uma iniciativa com o apoio Makro

Saiba mais aqui.