Sociedade

Com Gotas de Amor se mata a sede e a fome a crianças de Moçambique

28 fev 2020 20:00

Associação de Fátima já construiu escola e criou horta.

com-gotas-de-amor-se-mata-a-sede-e-a-fome-a-criancas-de-mocambique
Captação e armazenamento de água é o desafio actual do projecto Gotas de Amor
DR
Maria Anabela Silva

Primeiro foi a transformação de um barracão em escola. Depois, a criação de uma exploração agrícola, onde são cultivados produtos para alimentar crianças e idosos. Agora, o desafio do Gotas de Amor, um projecto dinamizado pela Associação Mãos Unidas com Maria, sediada em Fátima, passa pela abertura de furos de captação, para levar água aos meninos de uma paróquia de Changara, em Moçambique.

Para que o desafio seja, mais uma vez, vencido, a organização está a convocar a população da região para um espectáculo solidário, a realizar este sábado, em Fátima, destinado a angariar fundos para a abertura de furos e a compra de equipamento que permita o bombeamento e armazenamento de água.

Florinda Marques, fundadora da Mãos Unidas com Maria, explica que o projecto de distribuição de água na paróquia de Maria Auxiliadora, em Changara, povoação que pertence à diocese de Tete, surgiu depois de várias crianças e adultos terem sido mortos por crocodilos quando apanhavam água num rio. “Já se fez um furo, com 80 metros de profundidade para servir a população, mas é preciso mais. A água é uma das grandes carências da região”, sublinha.

A implementa&cce

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?

Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.

Já é assinante? Inicie aqui
SAIBA COMO