Opinião

Caudalosa Quaresma

29 mar 2018 00:00

Venho sendo punido todas as sextas-feiras com falta de carne e vinho nos estabelecimentos de restauração que aceitam acolher-me.

caudalosa-quaresma-8419

Há inúmeros assuntos, mais ou menos espinhosos, com que vos poderia presentear este mês: debater uma melhor partilha de recursos pela comunidade, o bom momento da União de Leiria, a importância do “fator queijo” no desenvolvimento das culturas serranas, o deficitário consumo de Bolo Rei no verão e na primavera, o levantamento do embargo à importação de pistachos iranianos, o divórcio do rei de Marrocos, as alterações climáticas, um receituário especializado em bifanas, a dificuldade em viver no reino de Castela, ou a presença alarmante de turistas no Vale Furado.

Tratam-se, contudo, de temas demasiado fraturantes, pelo que, não ousando ferir suscetibilidades, optarei por repetir algumas variações sazonais sobre os sempiternos temas da quaresma e do caudal do Lis.

Venho sendo punido todas as sextas-feiras com falta de carne e vinho nos estabelecimentos de restauração que aceitam acolher-me. Nesta tormentosa atmosfera veggie sou obrigado a ensaiar especialidades que ao longo do ano geralmente não me atraem.

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?

Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.

Já é assinante? Inicie aqui
SAIBA COMO