Sociedade

Casa onde viveu Narciso Costa vai ser reabilitada para habitação

4 out 2019 00:00

Varanda em Arte Nova é uma das marcas do edifício, localizado no centro histórico de Leiria.

casa-onde-viveu-narciso-costa-vai-ser-reabilitada-para-habitacao-10735
Maria Anabela Silva

Foi residência do artista Narciso Costa, que aí viveu entre 1914 e 1969, e testemunha de “vivências e tertúlias” com gente das artes organizadas pelo seu proprietário, de quem herdou o nome. A 'Casa do Narciso', que se destaca pela emblemática varanda de Arte Nova, acabaria, depois, por entrar num processo de degradação que está prestes a ser travado.

O projecto de reabilitação já foi aprovado pela Câmara, tendo, entretanto, sido iniciados os trabalhos, com a realização de sondagens arqueológicas e demolição de algumas paredes interiores.

Segundo Jorge Bártolo, arquitecto que assina o projecto, o programa de intervenção contempla a criação de dois apartamentos de dois pisos, “que se relacionam com arruamentos diferentes e de forma independente”. Uma disposição “possibilitada pelo facto de o edifício se implementar num gaveto [entre a Rua e a Travessa da Beneficência em pleno centro histórico de Leiria], “rematada pela emblemática varanda Arte Nova.

O técnico assegura que a remodelação do edifício, datado do início do século XX, garante “o respeito formal pelo edificado e a manutenção dos seus elementos mais notáveis e caracterizadores”. “As alterações a implementar no edifício, quer por ampliações quer pelos acertos na cobertura com introdução de trapeiras e clarabóias, são, na sua globalidade, de desenho simples e de carácter integrador”, adianta.

As sondagens arqueológicas revelaram “vestígios de incêndio, ampliações e um constante trabalho de readaptação do imóvel, com vãos selados, novos vãos abertos e a utilização de diferentes materiais ao longo dos tempos”. Foram também descobertas várias moedas, cantarias perdidas e aproveitadas, cerâmicas e outros artefactos.

“Através destes materiais foi possível recuar a cronologia do edifício até pelo menos os séculos XV e XVI, podendo-se propor que existam testemunhos mais antigos (Idade Média) ao nível de cotas não afectadas”, refere Jorge Bártolo.

As sondagens detectaram ainda uma estrutura em “gaiola pombalina” e um poço de captação de água, que “serão mantidas, por interesse dos promotores, adaptando-se o projecto para integrar estas pré-existências em benefício da obra e da preservação das memórias do edifício”.

 

 

Narciso Costa
Pedagogo e artista multifacetado

Nascido em Braga em 1890, Narciso Costa estudou Artes e Ofícios na Suíça, tendo trabalhado na decoração do Grand Théâtre de Genéve. Em 1914, instalou-se em Leiria como professor de Desenho Geral na Escola Industrial Domingos Sequeira, instituição que viria a dirigir durante 40 anos. Na sua casa conviveu, entre outros artistas, com o casal Robert e Sónia Delaunay, que se tinham refugiado em Portugal durante a I Guerra Mundial”. Correspondeu- -se ainda com Miguel Torga, Almada Negreiros e Fernando Namora. Nos anos 30, criou, juntamente com António Varela, o Atelier Técnico de Arquitectura e Decoração. Destacou-se em várias vertentes artísticas, da cinzelagem às artes gráficas, mas também como pedagogo. “Como cinzelador, artista e pedagogo, ficou ligado ao atelier do arquitecto Ernesto Korrodi, presumindo-se que tenha desenhado as cantarias do edifício onde viveu”, refere introdução do projecto de reabilitação da 'Casa do Narciso'.
#SEMFOMENAREGIÃO

Junte-se a uma grande causa

Ao assinar o Jornal de Leiria durante o mês de Maio, está a contribuir com 10€ para o combate à fome na nossa região.

Uma iniciativa com o apoio Makro

Saiba mais aqui.