Sociedade

Câmaras da região gastam centenas de milhares de euros em animação de Natal

12 dez 2019 13:00

Autarquias reforçaram, este ano, os orçamentos com a programação natalícia. As pistas de gelo continuam na moda, mas há a preocupação de diversificar a animação.

camaras-da-regiao-gastam-centenas-de-milhares-de-euros-em-animacao-de-natal
Maria Anabela Silva

Longe parecem ir os tempos de crise, que obrigaram os municípios a emagrecer os gastos com as iluminações natalícias, que, até há alguns anos, eram a principal despesa das autarquias com esta quadra. Este ano, acentuou-se uma tendência das últimas épocas, com várias Câmaras da região a reforçarem os orçamentos com a programação natalícia.

As pistas de gelo continuam a estar na moda, mas há a preocupação de diversificar a animação e a oferta. Uma bola multimédia, em Leiria, um parque de neve artificial, em Óbidos, e um balão de ar quente, em Caldas da Rainha, são algumas das novidades deste ano na região. Na programação preparada pelos municípios, em parceria com associações locais, não faltam exposições de presépios, espectáculos musicais, teatro, comboios turísticos, mercadinhos de Natal e, claro, as iluminações. Tudo em nome da animação das vilas e cidades, com as autarquias a justificaram os gastos como “um investimento” que fazem na atracão de pessoas aos centros urbanos, proporcionando momentos felizes aos municípios e ajudando o comércio tradicional.

Óbidos pioneiro Óbidos foi o primeiro município da região e do País a apostar num parque temático alusivo à quadra. Já com mais de uma década de existência, o Óbidos Vila Natal é hoje “uma referência nacional” neste tipo de eventos. Alexandre Ferreira, administrador da empresa Municipal Óbidos Criativa, que organiza o certame, diz que o evento “tem tido um balanço sempre positivo, resultado do seu crescimento como evento para famílias, situando-se entre os eventos de preferência do público nesta quadra”.

A edição deste ano do Óbidos Vila Natal conta com um orçamento de cerca de 340 mil euros, verba que engloba toda a programação ligada ao evento, nomeadamente a iluminação, árvore de natal e a programação, com espectáculos “em permanência durante todos os dias”. A maior fatia do orçamento vai para as diversões de gelo (pista e rampa) e a cenografia do recinto, “idealizada e feita” pela organização.

Depois de Óbidos, Leiria é o município da região com maior orçamento para animação de Natal. A avaliar pela informação disponível no portal gov.pt, a base de dados da contratação pública – a Câmara não responde, em tempo útil, ao pedido de esclarecimentos enviado pelo JORNAL DE LEIRIA – o Município da capital de distrito irá despender cerca de 270 mil euros. Só a bola multimédia, instalada junto à Fonte Luminosa, custa 90 mil euros, enquanto a iluminação da cidade está orçada em 59.250 euros.

Em Caldas da Rainha, o Município conta gastar 141 mil euros com a programaç

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?

Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.

Já é assinante? Inicie aqui
SAIBA COMO