Economia

Antiga pecuária produz agora cogumelos e fruta desidratada

20 jan 2018 00:00

Gwiker nasce em Porto de Mós e quer afirmar-se pela “sustentabilidade” do projecto

antiga-pecuaria-produz-agora-cogumelos-e-fruta-desidratada-7989
Maria Anabela Silva

É um projecto que se quer afirmar por ser “o mais sustentável possível”, desde a aposta na produção biológica até à valorização dos excedentes, passando pelo recurso à energia solar e pelo reaproveitamento das instalações onde funciona.

Falamos da Gwiker, uma empresa que nasceu em Porto de Mós e que se dedica à produção de cogumelos shiitake, estando agora também a apostar na confecção de snacks saudáveis, nomeadamente, fruta desidratada e purés de fruta.

Director comercial da empresa, Diogo Maurício explica que “todo o projecto nasce de uma noção de sustentabilidade”, a começar pelas próprias instalações, que funcionam numa agro-pecuária que se encontrava inactiva há vários anos.

“Em vez de se criar uma unidade de raiz, optou-se pela reabilitação de um espaço, dando-lhe uma nova utilização”, frisa o responsável, adiantado que o projecto arrancou em 2016, com a inoculação de cerca de 200 toneladas de madeira, que já começaram “a dar cogumelos”.

Para aproveitar “algum excedente” do produto fresco, a Gwiker investiu depois na aquisição de um desidratador híbrido, que funciona a energia solar. Como forma de rentabilizar o equipamento, a empresa avançou para aconfecção de snacks saudáveis com fruta desidratada, que serão introduzidos no mercado nas próximas semanas.

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?

Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.

Já é assinante? Inicie aqui
SAIBA COMO