Sociedade

Actualização: Morreu homem agredido em escola na Nazaré

29 jan 2018 00:00

PSP revela ferimentos com arma branca numa mulher.

Fotografia: Ricardo Graça
Fotografia: Ricardo Graça
Fotografia: Ricardo Graça

O homem agredido na Escola Amadeu Gaudêncio, na Nazaré, esta manhã, morreu no Hospital de Leiria, para onde tinha sido encaminhado com ferimentos graves.

O incidente ocorreu no interior do estabelecimento de ensino e o agressor utilizou uma arma branca e uma arma de fogo. Vários alunos assistiram.

De acordo com o Hospital de Leiria, citado pela agência Lusa, o homem, de 67 anos, foi "admitido na emergência em manobras de Suporte Avançado de Vida, efectuadas pela equipa da VMER", e foram tentadas manobras de reanimação "sem sucesso, sendo verificado o óbito”. Apresentava "lesões provocadas por arma de fogo e por arma branca".

Num comunicado enviado pelas 16 horas, a PSP informa que foi detido um homem de 38 anos, suspeito de ter provocado a morte de um homem, através de disparos com arma de fogo, tendo ainda provocado ferimentos com arma branca a uma mulher de 31 anos.

Ao detido foi apreendida uma arma de fogo, revolver de calibre.32 e também 15 munições do mesmo calibre. Foram ainda apreendidas duas armas brancas.

A detenção foi efectuada pelo elemento policial do programa Escola Segura no local e entregue à Polícia Judiciária que está a investigar o crime.

O caso ocorreu pelas 10 horas e está relacionado com desentendimentos familiares.

A Escola Amadeu Gaudêncio reabre amanhã, terça-feira. De acordo com a direcção, não há professores, alunos ou funcionários envolvidos. Foi prestado apoio psicológico.

Actualizado às 16:30 horas.

EVENTOS