Login
Esqueci a password

Se esqueceu o seu Username ou a sua Password envie-nos o seu e-mail e receberá os seus dados de acesso por e-mail.

Se não sabe que endereço de e-mail utilizou no seu registo, por favor contacte os nossos serviços através do nosso e-mail assinantes@jornaldeleiria.pt.

Para procurar palavras exactas utilize aspas. Ex: "Castelo de Leiria" "Jornal de Leiria"
Área restrita

A secção que pretende aceder é restrita a assinantes do Jornal de Leiria. Para se tornar assinante vá à área Assinatura.

Se já for assinante da edição impressa, pode registar-se na edição online, sem custos adicionais.

Caso já tenha um registo, efectue login.

Opinião

Luís Mourão Voltar

18:22 - 04 Julho 2019
Vão lá ver

Vão lá ver

Também por isso nos dá a ver, mais uma vez incansavelmente, como uma certa ideia “popular”, sombria, miserável e ignorante sobre o período histórico a que se chama Idade Média só vive, e sobrevive, na ignorância.

Está no Mosteiro da Batalha uma pequena mas preciosa exposição que seria muita pena vocês perderem. Tem por título Os principados romenos no tempo da construção da Batalha e estará na Capela do Fundador até ao final de Outubro próximo.

Reúne algumas notáveis demonstrações das capacidades criativas, artísticas e de controlo absoluto sobre os materiais que os artesões do século XV atingiram – copos e potes, fivelas, selos, taças e mais coisas em argila ou metal construídas pelas mãos dos artistas romenos mergulhadas nos primores de pedra do Mosteiro .

Também por isso nos dá a ver, mais uma vez incansavelmente, como uma certa ideia “popular”, sombria, miserável e ignorante sobre o período histórico a que se chama Idade Média só vive, e sobrevive, na ignorância.

Nada mais. Por razões que ignoro, as peças não estão datadas, embora se saiba à partida, evidentemente, que datam do impreciso “tempo de construção” do monumento, e algumas delas para serem devidamente admiradas  

LER MAIS

Faça para ler a totalidade do artigo ou registe-se e aceda à versão integral deste texto





Os comentários são da exclusiva responsabilidade do utilizador