Opinião

Recolha de informação sobre património cultural

3 out 2019 00:00
luis-miguel-narciso-vogal-do-cepae
Luís Miguel Narciso, vogal do CEPAE

Foi através dos primeiros contactos, efetuados a alguns municípios, freguesias e diocese, associados do CEPAE, que reconhecemos a necessidade de alargar esta recolha.

Este artigo vem no seguimento de um anterior, no qual foi dada a informação de que o CEPAE – Centro do Património da Estremadura está a desenvolver um projecto que consiste na actualização da Base de Dados sobre Património Cultural.

Foi através dos primeiros contactos, efetuados a alguns municípios, freguesias e diocese, associados do CEPAE, que reconhecemos a necessidade de alargar esta recolha.

Assim, a questão que se colocava era: por que não abranger esta iniciativa aos restantes municípios e freguesias do distrito de Leiria, além dos sete municípios que constituem o CEPAE?

Sabemos que estamos inseridos numa região vasta de bens e saberes, herdados de geração em geração, resultando num património cultural riquíssimo, tanto em quantidade como em qualidade, que nos diferencia das restantes regiões, pelo que deixar de parte ou ignorar algum desse património seria esquecer, e talvez perder, no tempo, o seu valor incontestável.

Assim, estamos a desenvolver este projecto de inquérito e recolha de informação, a iniciar muito em breve, alargando a proposta inicial (sete municípios), de forma a aproximar-nos e actualizarmos a realidade de cada município, freguesia e lugar, relembrando que nos anos setenta do século passado foi feita uma iniciativa idêntica que, agora, em pleno século XXI, requere forte e precisa actualização, que só será possível através da colaboração das autarquias e das associações locais.

Mantemos o objectivo de recolhermos elementos sobre o património cultural dos municípios, nomeadamente: monumentos e edifícios, associações, educação, espaços de lazer, festas e festividades, música, teatro, desporto, arte e individualidades.

Para tal, contamos com a sensibilização de todos os agentes promotores, em prol da valorização do património da região de Leiria, para que o património não se perca, nem a memória se desvaneça ao longo dos tempos.

*Vogal CEPAE