Opinião

Os animais nossos amigos

18 jul 2019 00:00

Equilibrar o respeito pelos animais com a vida citadina cheia de barreiras é, no entanto, possível.

Sobre os animais podia dizer muitas coisas. Mas não há como explicar a pessoas que não gostam, ou têm medo de animais, o que perdem. Não sei se se nasce ou se aprende a gostar de bicharada, mas costumo desconfiar de pessoas que não gostam de animais.

Cresci com cães, tive outros animais domésticos ao longo da vida, durante anos quis ser veterinária e acabei por estudar Engenharia Zootécnica. Sei que os animais são uma fonte inesgotável de afecto, dão trabalho, são excelentes companheiros de crianças e uma das coisas realmente boas da vida.

Não ceder ao pedido suplicante de crianças para ter um animal de estimação, quando não se tem condições para tal, é um acto de resistência heróica, um acto de respeito pelos animais e um exemplo pedagógico.

Muitas famílias cedem à tentaç ão num aniversário, num Natal, e a bola de pêlo fofinho que um cachorro ou gato bébé são, rapidamente se transforma num problema doméstico. Porque sujam, porque estragam e não se podem levar como se de um objecto se tratasse, para todo o lado. E é então que se tornam em animais abandonados…

Equilibrar o respeito pelos animais com a vida citadina cheia de barreiras é, no entanto, possível. Há soluções intermédias entre ter permanentemente um cão em casa ou nunc a ter um animal de estimação.

Algumas dessas soluções passam por ser família de acolhimento de jovens cães-guias ou adoptá-los quando se reformam. Ou família de acolhimento de um animal de estimação que espera um destino melhor, numa das muitas associações de recolha de animais abandonados que existem.

Ou ainda ser apenas u

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?

Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.

Se efectivar a sua assinatura durante o mês de Maio, 10€ reverterão para o combate à fome na nossa região.

#SEMFOMENAREGIÃO

Junte-se a uma grande causa

Ao assinar o Jornal de Leiria durante o mês de Maio, está a contribuir com 10€ para o combate à fome na nossa região.

Uma iniciativa com o apoio Makro

Saiba mais aqui.