Opinião

O nosso voto conta!

3 mai 2019 00:00

Contudo, a ideia generalizada é que os cidadãos e os jovens não têm interesse pela União Europeia e que não reconhecem nesta instituição a fonte de todos estes benefícios.

O percurso histórico do continente europeu é marcado pela criação da União Europeia. Cada vez mais, todos nós usufruímos dos benefícios de fazer parte da União Europeia, seja pela facilidade em viajar e conhecer outros países, devido à ausência de controlo de fronteiras no Espaço Schengen e ao fim do roaming, seja pela oportunidade de concorrer a fundos comunitários, em diversas áreas, desde a agricultura até à inovação tecnológica.

Também em temas que preocupam os cidadãos e que exigem uma ação concertada, como a luta pela preservação do meio ambiente, a União Europeia tem dito presente, como se tornou claro pela medida apresentada com vista à eliminação progressiva dos plásticos descartáveis.

Contudo, a ideia generalizada é que os cidadãos e os jovens não têm interesse pela União Europeia e que não reconhecem nesta instituição a fonte de todos estes benefícios.

A taxa de participação jovem (18- 24) nas últimas eleições para o Parlamento Europeu (2014) registou-se, em Portugal, abaixo dos 20%, sendo que a abstenção geral foi de 66,2%, o que significa que mais de metade dos portugueses não consideraram relevante ter uma palavra a dizer sobre quem os representa a ní

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?

Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.

Já é assinante? Inicie aqui
SAIBA COMO