Opinião

O Cinema Português

5 abr 2018 00:00

Existem em Portugal dezenas e dezenas de bons realizadores, que fazem percursos incríveis com os seus filmes de quase custo zero, alguns com a sorte de um prémio, outros sem essa sorte.

O cinema português não presta. O cinema português não vale nada. O cinema português é mal visto. O cinema português não ganha prémios. O cinema português não tem apoios, e ainda bem, que eu não quero dar dinheiro a essa gente!!!

Na semana passada eu ganhei um prémio em Espanha com o meu Fugiu. Deitou-se. Caí., já esta semana o Jorge Jácome venceu na Roménia com o seu Flores, a Leonor Teles venceu em França com o seu Terra Franca, e também em França, Teresa Villaverde venceu com o seu Colo.

Talvez me escape mais algum prémio internacional do cinema português nestes últimos quinze dias, mas enfim, os prémios são tantos que nem o ICA consegue ter toda essa informação completa no seu site.

Mas o cinema português continua a não valer nada, a não valer o tempo que se perde nele. Talvez o único problema do cinema português, seja o da comunicação. O facto de se agarrarem em meia dúzia de nomes "sonantes", e o resto não ter interesse.

Existem em Portugal dezenas e dezenas de bons realizadores, que fazem percursos incríveis com os seus filmes de quase custo zero, alguns com a sorte de um prémio, outros sem essa sorte.

Não deixam de ser grandes filmes, e se dúvidas houvesse, os seus percursos falam por si. Mas em Portugal ninguém quer saber do cinema português. As pessoas do meio sabem-no, mas mais ninguém sabe.

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?

Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.

Já é assinante? Inicie aqui
SAIBA COMO