Opinião

Cinema | Maio é o novo setembro

5 jun 2021 20:00

Está aberta a temporada da esplanada

Venha um pires de caracóis para a mesa do fundo e mais uma rodada de imperiais fresquinhas, que isto ainda está só a começar.

Se não houver caracóis, então podem ser uns tremoços. Ou uns amendoins, vá… é só para picar qualquer coisa e ter uma boa desculpa para aproveitar o sol.

Depois de tanto tempo de privação e isolamento, saiba-se que vale tudo.

Quase tudo, pronto… mas que tudo é uma questão de jogo de cintura. Se a coisa ficar complicada porque estás de máscara à banda e o vizinho do lado te começa a olhar de lado… worry not.

Finge um sotaque british e não tem como correr mal.

Guarda a máscara no bolso e põe-te em tronco nu para pintar o quadro de forma mais realista.

Até podes inventar umas cenas de pugilato, que toda a gente sabe que a polícia não bate em turistas, ia parecer mal e não é favorável à economia.

Outra coisa que também toda a gente sabe é que a diferença entre turistas e arruaceiros tem a ver com o país de origem.

Há alguns que só por terem nascido no bairro errado nunca hão-de passar de bandidos, mas se souberes fingir um belo cockney accent dificilmente te vão levar para passar a noite na esquadra.

Ora isto das esplanadas é só a ponta do iceberg.

A realidade é que maio é o novo setembro e estamos a viver uma rentrée cultural a toda a força.

E não se trata apenas do ar livre, que é facilmente reconhecível como a cereja no topo do bolo dos eventos (quem não anseia por um bom ajuntamento na rua, com um palco como pano de fundo, que atire a primeira pedra).

Peças de teatro e sessões de cinema, mesmo movidas a álcool gel e distanciamento físico, encontram de novo caminho para os corações e carteiras dos espectadores.

O prazer, há algum tempo colocado em suspenso, de ouvir contar uma boa história no escuro da sala e ter espaço e tempo para nela refletir, parece ter sido reencontrado depois de alguns tempos mais difíceis.

Há um sem-número de programadores que nunca baixou os braços e se reinventou e aos seus projetos, e que pode agora colher os louros pela persistência e tenacidade.

Está aberta a temporada da esplanada e está aberta a temporada do rejuvenescimento cultural.

Venha mais uma rodada.

Texto escrito segundo as regras do Acordo Ortográfico de 1990

Assine Já Login

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?
Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.