Opinião

Áreas metropolitanas e ainda o multiusos

12 abr 2018 00:00

E acerca dos deputados do círculo de Leiria (maioria PSD) que se preparavam para institucionalizar a “Área Metropolitana de Leiria”, dediquei-lhes algumas palavras nada amáveis.

1. Áreas metropolitanas. Nos tempos dos inefáveis Durão Barroso, Isaltino e Relvas o país apareceu coberto de “áreas metropolitanas”, para aí mais de três dezenas.

Dei conta dessa loucura desenfreada num artigo publicado no JL em Novembro de 1998 em que afirmava: Andam para aí a brincar às áreas metropolitanas (…). Que eu saiba, Portugal tem apenas duas áreas metropolitanas, porque só tem duas grandes metrópoles – Lisboa e Porto.

E acerca dos deputados do círculo de Leiria (maioria PSD) que se preparavam para institucionalizar a “Área Metropolitana de Leiria”, dediquei-lhes algumas palavras nada amáveis.

Mas o que lá vai lá vai. Há de facto duas áreas metropolitanas (AM) em Portugal: a AM Lisboa que abrange 18 concelhos, de Mafra a Setúbal /Palmela, com cerca de três milhões de habitantes; e a AM Porto, com 17 concelhos, desde Póvoa de Varzim a Oliveira de Azeméis, com cerca de 1,5 milhões de habitantes.

As duas AM em conjunto (35 concelhos) têm, pois, cerca de 45% da população nacional e seguramente bastante mais que esta percentagem na participação do PIB nacional. Por outro lado, manifestam enormes assimetrias e profundas desigualdades, a exigirem soluções conjuntas que beneficiem todo o espaço e não apenas este ou aquele concelho.

Esta chamada de atenção que faço, de novo, para esta realidade das AM deve-se ao facto de elas há dias terem saído, ao que creio, da sua longa hibernação. Com efeito, no passado dia 20 de Março, as duas áreas metropolitanas organizaram a sua primeira cimeira conjunta em Queluz, contando com o PR na abertura e o PM no encerramento.

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?

Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.

Já é assinante? Inicie aqui
SAIBA COMO