Sociedade

Troca de acusações marca eleições na Misericórdia

04 Nov 2015 16:39

Fernando Lopes e Carlos Poço, actuais provedor e vice-provedor da Misericórdia, disputam a liderança da instituição

troca-de-acusacoes-marca-eleicoes-na-misericordia-2399
Maria Anabela Silva

Estalou o verniz na Misericórdia de Leiria. Depois de 12 anos como vice-provedor, Carlos Poço vai avançar com uma candidatura à liderança da instituição, por entender que esta precisa de uma gestão “rigorosa” e “transparente”, numa crítica aberta ao actual provedor, Fernando Lopes.

Este responde com “uma experiência de anos e anos de gestão em saúde” e lembra que Carlos Poço o esteve a “ajudar durante 12 anos”. O actual provedor, quase com 87 anos, revela ainda a intenção de se recandidatar ao cargo nas eleições que estão previstas para Dezembro.

Antes disso, haverá uma Assembleia Geral, agendada para o próximo dia 21, para a aprovação do orçamento e do plano de actividades para 2016.

Leia mais na edição impressa ou faça registo e descarregue o PDF