Viver

Todas as edições d'A Voz de Domingo e 'O Mensageiro reunidas em Hemeroteca Digital

16 jun 2021 09:31

Espólio será acessível gratuitamente através do site do Arquivo Distrital de Leiria

todas-as-edicoes-da-voz-de-domingo-e-o-mensageiro-reunidas-em-hemeroteca-digital
O Mensageiro
DR

Após o Congresso da Rede Cultura 2027 - O Futuro da Nossa Cidade, o Município de Leiria, a Direcção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas e a Fundação Signis, em parceria resolveram resgatar o acervo integral d'A Voz de Domingo e d'O Mensageiro, dois semários históricos da região, digitalizando integralmente todas as edições dos seus quase 100 anos de história.

O resultado deste trabalho foi reunido numa Hemeroteca Digital, acessível gratuitamente através do site do Arquivo Distrital de Leiria.

O acervo será apresentado na sexta-feira, dia 18, às 17:30 horas, no Arquivo Distrital de Leiria e transmitido em streaming no Facebook da Rede Cultura 2027, pelo professor e historiador Saul António Gomes, pela vice-presidente da Câmara de Leiria, Anabela Graça; pelo director-geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas, Silvestre Lacerda, e pelo director da Fundação Signis, André Batista.

A Rede Cultura 2027 anuncia, em comunicado enviado à Redacção do JORNAL DE LEIRIA, que "alargará progressivamente a outros periódicos históricos de todo o território dos 26 Municípios e, possivelmente, aos três Arquivos Distritais de Leiria, Santarém e Lisboa".

Património imaterial (quase) centenário

Ambos propriedade da Diocese de Leiria-Fátima, os jornais O Mensageiro e A Voz de Domingo foram extintos em Maio de 2013, pelo proprietário.
 
O primeiro, reconhecido património imaterial da região e ferramenta importante para o restauro da Diocese de Leiria e sua separação da de Coimbra e para a divulgação das visões de Fátima, foi encerrado a alguns meses de fazer 100 anos de existência.
 
O segundo contava com 81 anos de edições.

Embora a medida tenha sido contestada e motivo de debate público, especialmente num ano onde se celebrou o centenário de vários títulos da imprensa regional nacional, acabaria por seguir em frente.
 
O objectivo seria substituir os dois firmados títulos por um novo, baptizado Presente.

O novo jornal acabaria por desaparecer poucos anos depois.

O primeiro número do semanário católico O Mensageiro, foi publicado a 7 de Outubro de 1914, sob direção do padre José Ferreira Lacerda e o último número foi publicado no dia 16 de Maio de 2013, sob direcção de Rui Ribeiro. 

O semanário diocesano A Voz de Domingo saiu, pela primeira vez, no dia 19 de Março de 1933, sob direcção de José Galamba de Oliveira e encerrou a edição no dia 19 de Maio de 2013, sob direcção de Joaquim Gaspar.



 

 

 

 

 

 

Através deste trabalho conjunto de salvaguarda, valorização e comunicação do nosso património documental e imaterial, preservamos a memória futura, garantindo o seu acesso gratuito a todos e preservando o papel da sua extinção material, trabalho este que continuará agora e progressivamente por todo o território da Rede Cultura 2027, podendo convocar os 3 arquivos distritais (Leiria, Santarém e Lisboa) que preservam toda a memória de quem somos, como vivemos e o que fazemos em todas as latitudes e longitudes deste vasto e diverso território chamado “Rede Cultura 2027”.
Para sempre, para todos, tudo sobre o que nós fomos e somos, pelo olhar e pena dos repórteres e cronistas d’ “O Mensageiro” e d’ “A Voz de Domingo” que viverão em cada leitura que lhes dediquemos aqui e aqui.

Assine Já Login

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?
Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.