Economia

Site e visitas de figuras públicas para promover turismo nos concelhos afectados pelos fogos

21 jul 2017 00:00

Reunião realizada esta quarta-feira debateu ideias e acções a desenvolver

site-e-visitas-de-figuras-publicas-para-promover-turismo-nos-concelhos-afectados-pelos-fogos-6871
Raquel de Sousa Silva

A criação de um site com sugestões de locais da zona Centro que sejam atractivas para os visitantes, em conjugação com o Turismo do Centro, foi uma das ideias avançadas pelo presidente da direcção da Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo para ajudar a promover a região afectada pelos incêndios de Junho.

A APAVT reuniu esta quarta-feira em Casal de São Simão (Figueiró dos Vinhos) e na Sertã com responsáveis de várias entidades e com a secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, e do encontro saiu ainda a ideia de que a associação organize, a partir de Setembro, visitas de figuras públicas, de jornalistas e de agentes de viagens nacionais e estrangeiros à região, numa iniciativa que deverá prolongar-se até ao próximo Verão.

O encontro da semana passada tinha como objectivo debater ideias e acções destinadas a promover os territórios mais afectadas pelos incêndios. “Reunimo-nos aqui para mostrarmos que o Centro de Portugal não ardeu e que esta é uma zona de que os portugueses devem vir usufruir. Pretendemos com isto ajudar a aumentar a moral dos afectados e ajudar à recuperação. Visitar é ajudar”, considerou Pedro Costa Ferreira, presidente da direcção da APAVT. “Vamos trabalhar em equipa, com ideias simples e realizáveis, que estejam ao nosso alcance”, acrescentou, citado em nota do Turismo Centro de Portugal.

“Depois da desgraça que se abateu sobre esta zona, conseguimos mostrar que, no Turismo, quando nos juntamos conseguimos resultados. Devemos encarar esta ocasião como uma oportunidade. Todos sabemos que o interior é, por vezes, esquecido. Que este seja um momento para que a operação turística chegue ao interior do país”, frisou a secretária de Estado do Turismo Ana Mendes Godinho, que adiantou algumas das medidas que o Governo vai pôr em prática, como a linha de tesouraria a que as empresas de turismo da região podem recorrer.

“Todo este território precisa desta ajuda. Esperamos que se prolongue durante o próximo ano, que não seja só nesta altura. Não se esqueçam de nós”, disse, por sua vez, Fernando Lopes, presidente da Câmara Municipal de Castanheira de Pera. “Se trabalharmos todos juntos, podemos criar aqui uma grande oportunidade para esta zona”, complementou Jorge Abreu, autarca de Figueiró dos Vinhos.

 

 

 

 

 

EVENTOS