Sociedade

Secretária de Estado da Inclusão visita Leiria e Marinha Grande

2 mar 2016 00:00

Ana Sofia Antunes reuniu com os presidentes de Câmara de Leiria e Marinha Grande e com a Associação Portuguesa de Deficientes

Jacinto Silva Duro

 A secretária de Estado da Inclusão de Pessoas Deficientes, Ana Sofia Antunes, reuniu com os representantes da delegação distrital de Leiria da Associação Portuguesa de Deficientes (APD), sediada na Marinha Grande, e com o presidente da Câmara, Paulo Vicente, na manhã desta terça-feira, nas instalações da associação. 

Segundo uma nota de imprensa da Câmara da Marinha Grande, Ana Sofia Antunes manifestou a sua vontade de conhecer a actividade da APD e as necessidades identificadas pelo presidente e vice-presidente da delegação distrital, Maria José Ruivo e Manuel de Sousa, respectivamente. 

A secretária de Estado ficou a conhecer as actividades da APD de Leiria, que conta com cerca de 1200 sócios, que vão do apoio jurídico e social, às iniciativas culturais e desportivas, onde têm sido alcançados diversos troféus que atestam a boa preparação e empenho dos atletas com deficiência do distrito. 

Ana Sofia Antunes lembrou que estas acções servem para desconstruir a problemática da deficiência e, com isso, diminuir a probabilidade de discriminação. 

Secretária de Estado em Leiria 

Ana Sofia Antunes também esteve na Câmara de Leiria para uma reunião com os elementos do executivo camarário. A melhoria das respostas inclusivas para a pessoa com deficiência foi o tema que esteve em cima da mesa. 

Nesta sessão foi dado a conhecer à governante as necessidades identificadas no concelho e o trabalho que está a ser desenvolvido.  Em nota de imprensa, a autarquia de Leiria refere que a governante realçou o esforço que o município de Leiria se encontra a desenvolver no apoio a cerca de 40 crianças do pré-escolar e 1.º ciclo que estão nas unidades de ensino estruturado, um projecto que envolve estudantes voluntários do Instituto Politécnico de Leiria das áreas da Educação e Enfermagem, acompanhadas por assistentes operacionais, no dia a dia e nos períodos de férias escolares. 

Segundo a secretária de Estado da Inclusão de Pessoas Deficientes trata-se de “um trabalho muito positivo”, numa área em que muitos municípios estão ainda a dar os primeiros passos. 

A governante destacou o papel que as Câmaras podem desempenhar nesta área, nomeadamente na identificação das situações mais complicadas e apresentação de sugestões para a sua resolução, defendendo uma actuação em parceria com os municípios, refere ainda a nota.  

Na área laboral, uma das prioridades é a regulamentação de quotas de emprego no sector privado, uma área em que o presidente da Câmara Municipal de Leiria, Raul Castro, sugeriu a atribuição de um incentivo de majoração de encargo salarial às empresas.