Viver

Rafael Almeida venceu o prémio para 'Melhor Filme Leiriense' no 'Leiria Film Fest'

21 mar 2016 00:00

Foram ainda premiados 8 filmes dos 20 filmes seleccionados de entre os 344 a concurso de 62 países

Foto: Leiria Film Fest
Jacinto Silva Duro

O jovem cineasta de Figueiró dos Vinhos, Rafael Almeida, venceu o prémio para Melhor Filme Leiriense no Leiria Film Fest (LFF), com a curta-metragem Demência, de 2014. (Veja o filme acima).

“Este filme retrata as experiências de um jovem, confinado às quatro paredes de uma casa, enquanto sucumbe à loucura. Num ambiente claustrofóbico, perdido no tempo, o jovem perde pouco a pouco a sua sanidade mental, enquanto se torna mais um elemento daquele espaço sombrio”, explica o realizador.

Dos 20 filmes seleccionados, de entre os 344 a concurso de 62 países, foram ainda premiadas, as seguintes categorias: Melhor Curta-metragem Documental Nacional:  Não-Humano, de Hugo Magro; Melhor Curta-metragem Documental Internacional Prodigal, da romena Livia Ungur e do norte-americano Sherng-Lee Huang; Melhor Curta-metragem de Animação Internacional Lady with Flower Hair, da iraniana Sarah Tabibzadeh; Melhor Curta-metragem de Ficção Nacional Marta, de Bernardo Gomes de Almeida; Melhor Curta-metragem de Ficção Internacional Glendower Drive, do norte-americano Max Moore, e Melhor Curta-metragem de Animação Nacional #Lingo, um trabalho do mestrado de Ilustração e Animação do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave, realizado por Vicente Niro, que também venceu o Prémio do Público.

“Estamos aqui para promover bom cinema e realizadores independentes e, ficámos radiantes quando contámos os votos do público e descobrimos que, mais uma vez, uma curta portuguesa tinha sido a preferida”, refere Bruno Carnide.

O director do LFF, sublinha ainda que esta foi a edição com maior número de espectadores.

O evento é organizado por Bruno Carnide e Cátia Biscaia, com o apoio da Câmara Municipal de Leiria e do semanário Região de Leiria

Nas três edições realizadas, contou com mais de 500 filmes a concurso e quase 2 mil espectadores. 

Este ano, o festival regressou depois de um ano de interregno, tendo concorrido 344 curtas-metragens: 216 de ficção, 78 de animação e 50 documentais; das quais, 293 são curtas internacionais e 51 nacionais e 14 do distrito de Leiria.